Pratto ou Love? Quem será decisivo no jogo mais esperado do Brasileirão 2015?
Pratto tem 12 gols no Brasileirão; Love tem um tento a menos que o gringo (Arte: Rodrigo Rodrigues/VAVEL.com)

O tão esperado e decisivo embate entre Atlético-MG e Corinthians, às 17h (de Brasília) deste domingo (1º), está cercado de ingredientes interessantes. Com a vitória, o Galo pode manter vivas as chances de conquistar o sonhado bicampeonato brasileiro. Já um triunfo do Timão praticamente liquida a disputa pelo Brasileirão 2015. Mas, além disso, o confronto traz consigo interessantes duelos individuais, e um deles é o dos atacantes Lucas Pratto e Vágner Love.

Referência no ataque, camisa 9 nas costas, movimentação constante fora da área e, claro, bola da rede. Essas são as semelhanças entre o ‘Urso’ e o artilheiro do amor. Guardadas devidas proporções, ambos fazem um campeonato bem nivelado, mas o jogo deste domingo poderá servir como um divisor de águas para realmente mostrar qual atacante é mais decisivo.

De contestado a titular absoluto

Havia uma certeza quando Vágner Love deixou o Shandong Luneng, da China, para se juntar ao Corinthians: ele seria reserva imediato do ídolo peruano Paolo Guerrero. O experiente jogador, de 31 anos, demorou a entrar em forma e não correspondia às expectativas quando era solicitado em campo. A situação piorou depois que o Corinthians não conseguiu renovar com Guerrero e o atacante acabou rumando ao Flamengo. Love passava a ser principal opção para o ataque.

Porém, as más atuações do atleta eram constantes, até que Tite optou por deixá-lo no banco. O jovem Luciano, de 22 anos, entrou no lugar de Love e chamou a responsabilidade: foi destaque nos jogos contra São Paulo, Avaí e Ponte Preta, marcando cinco gols ao todo. Só que o clube e a torcida não esperavam que o atacante fosse sofrer uma ruptura no joelho direito e, assim, ficasse de fora do restante da temporada.

Com isso, Love voltou à titularidade. Mas, desta vez, o jogador enfim justificou o investimento. Marcou gols importantes e ajudou o Corinthians a ultrapassar o Atlético no topo do campeonato. Além disso, o jogador foi fundamental no duelo contra o Galo no primeiro turno. O gol que decidiu o jogo, de Malcom, saiu após contra-ataque puxado pelo camisa 9.

Para o jogo no Independência, o jogador mantém a grande fase. Autor do gol que deu a vitória ao Corinthians sobre o Flamengo, por 1 a 0, em Itaquera, na última rodada, Love chega para o confronto com 11 gols no campeonato – aparece na artilharia da equipe somente atrás de Jadson, com 12 tentos.

Temporada de ouro

Um começo de temporada que dispensa comentários. Para entender melhor, basta recordar o jogo de volta das semifinais do Campeonato Mineiro deste ano contra o Cruzeiro, no Mineirão. Com duas assistências de Guilherme, o Lucas Pratto virou o jogo para 2 a 1 e colocou o Atlético na final do Estadual. Ele passou em branco na final diante da Caldense, mas o título veio.

O atacante continuou sua boa fase pelo clube alvinegro no Brasileirão, ajudando o Galo a se manter na liderança e evitando que as surpresas Sport e Fluminense atrapalhassem os planos do Atlético. Por ser muito técnico, apesar de sua altura (1,88m) e seu jeito desengonçado, o argentino também cria bastantes oportunidades de gols a seus companheiros.

O ápice de Pratto no campeonato ocorreu na partida contra o São Paulo, no Mineirão, na 16ª rodada. Em um primeiro tempo fulminante, o camisa 9 balançou as redes de Rogério Ceni três vezes e foi o principal nome do Atlético naquela noite.

Em contrapartida, o jogador não conseguiu superar o goleiro Walter no duelo do primeiro turno perante o Corinthians. Naquela partida, válida pela 14ª do certame, arrematou cinco vezes e em todas parou no arqueiro substituto de Cássio. Nos últimos minutos da partida, inclusive, o camisa 9 teve a grande oportunidade do jogo de pôr o 1 a 1 no placar, mas novamente bateu na muralha Walter.

Em determinados jogos que Pratto não joga bem, o time atleticano cai de rendimento e tem dificuldades em finalizar e criar jogadas. A equipe de Levir Culpi, em certos momentos, se vê refém dos dias inspirados do argentino. E quando o jogador não pode estar à disposição (suspensão ou lesão) do treinador, a situação piora. Um verdadeiro reflexo sobre o quão importante Pratto significa para a execução do bom futebol do Galo.

Contra o Corinthians neste domingo, Pratto completará 50 jogos com a camisa alvinegra tendo feito 21 gols. No Brasileirão, é o vice-artilheiro com 12 bolas nas redes, atrás apenas do isolado Ricardo Oliveira, do Santos, com 19 tentos.

Conclusão

É impossível prever quem possa fazer a balança pender mais para o seu lado antes de a bola rolar no Horto. Números, estatísticas e fatos de outrora são importante para o entendimento da partida, mas não interferem no resultado final dela. Há, porém, a garantia de que Lucas Pratto e Vágner Love estão, hoje, entre os melhores atacantes atuando no Brasil e têm a capacidade de decidir o grande jogo deste domingo.

VAVEL Logo