Paysandu atropela CRB de virada e volta a se aproximar do G-4
(Foto: Fernando Torres/Paysandu)

O Paysandu voltava a jogar diante do seu torcedor. Diante da massa bicolor, os paraenses precisavam voltar a vencer e torcer por tropeços dos principais concorrentes para voltar a sonhar com o G-4. E conseguiu espantar a má fase. Em jogo realizado na tarde deste sábado (31), no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém, o Papão venceu, goleou o CRB por 5 a 1 e convenceu a torcida.

O Galo saiu na frente do placar, com mais um gol do artilheiro Zé Carlos. Mas os donos da casa conseguiram virar o jogo com tentos assinalados por Aylon, Ricardo Capanema, Leandro Cearense (duas vezes) e Welinton Júnior. Com o resultado, o Papão da Curuzu permaneceu na sétima colocação, com 52 pontos, mas encurtou a distância em relação ao G-4 para apenas dois pontos e deu sobrevida ao sonho de retornar à elite do futebol brasileiro. Os alagoanos continuam na 11ª posição, com 44 pontos.

A próxima rodada será realizada no decorrer desta semana. Sem tempo para descansar, o Paysandu encara o vice-líder América-MG às 21h30 da terça-feira (03), na Arena Independência, em Belo Horizonte/MG. Por sua vez, o CRB mede forças contra o Atlético-GO. O confronto será realizado no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, às 21h do sábado (07). Os jogos estão marcados de acordo com o horário brasileiro de verão e valem pela rodada 34 do Campeonato Brasileiro da Série B.

CRB sai na frente, mas Paysandu pressiona e consegue empate

A partida começou em alta velocidade. O Paysandu foi ao ataque para acabar com a sequência de seis rodadas sem conseguir uma vitória. O time bicolor pressionou o adversário, mas a defesa regatiana levava a melhor nas disputas e conseguia afastar o perigo. Os donos da casa pressionaram, mas eram travados pela zaga. Dessa forma, ainda que tivesse maior posse de bola, domínio territorial e controle da partida, as oportunidades não eram concluídas.

Em contrapartida, o CRB pouco chegava ao ataque, mas levava perigo. Aos 25 minutos, Ricardinho levou a melhor em disputa com a marcação e cruzou para Zé Carlos, mas a zaga paraense anulou a tentativa do Galo. Dois minutos depois, porém, o Regatas levou a melhor. Ricardo Capanema escorregou, Gérson Magrão ficou com a bola e tocou para Zé Carlos. O artilheiro da Série B teve o simples trabalho de empurrar a pelota para as redes. Os alagoanos ainda tiveram a oportunidade de ampliar a vantagem. Gérson Magrão fez bom lance e arriscou de fora da área. O goleiro Emerson salvou o Papão.

O Paysandu voltou ao ataque. E dominou o jogo de forma impressionante a partir de então. Após tentar e ser travado pela defesa, os lances de escanteio viraram uma alternativa para chegar à meta adversária. E a estratégia deu certo. Aos 41 minutos, Yago Pikachu cobrou e Aylon desviou de cabeça. O goleiro Juliano salvou e mandou a bola para a linha de fundo. No lance seguinte, não teve jeito. Yago Pikachu cobrou novamente e Aylon desviou de cabeça para igualar o marcador.

Paysandu domina, vira e goleia na etapa complementar

No segundo tempo, o Paysandu voltou ainda mais disposto a encurralar o CRB no campo defensivo e conseguir a vitória a todo o custo. As jogadas de bola parada, principalmente os escanteios foram determinantes para assustar o adversário. Aos três minutos, após cruzamento da lateral-esquerda, Fahel cabeceou e Juliano fez espetacular defesa. Na jogada seguinte, Yago Pikachu cobrou escanteio e Aylon cabeceou por cima da meta.

Com as modificações realizadas pelo técnico do Galo, o time esboçou uma reação para brecar as investidas do oponente e buscar o gol da vitória. Mas não funcionou. Quando o time começava a assustar e levar perigo novamente, o time bicolor começou a colocar a bola na rede e ser impiedoso. Aos 24 minutos, a defesa do CRB vacilou novamente e Leandro Cearense chutou. Juliano espalmou e Ricardo Capanema ficou com a sobra para mandar a bola no gol e determinar a virada do Papão.

O Paysandu se animou. Pouco tempo depois de conseguir a virada, sacramentou a vitória e esboçou a goleada. Aos 29 minutos, após ser acionado em cruzamento, Leandro Cearense tentou duas vezes para marcar o terceiro gol paraense. Aos 35, João Lucas avançou e bateu de longe. A pelota bateu na trave.

Nos minutos finais, a excelente atuação dominante dos donos da casa virou passeio e goleada. Aos 42 minutos, Leandro Cearense recebeu a bola e bateu no ângulo, sem chances de defesa para Juliano, e marcou seu segundo gol no jogo. Aos 48, a defesa do CRB falhou pela terceira vez ao recuar a bola e Welinton Júnior completou para o gol. A primeira goleada do Papão na Série B foi determinante para manter o sonho do acesso vivo, a cinco rodadas do fim do Brasileiro.

VAVEL Logo