Vágner Love celebra volta por cima na reta final do Brasileiro: "Em nenhum momento abaixei a cabeça
(Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians)

A semana de treinos para o virtual campeão Brasileiro começou no Corinthians. Após a goleada implacável ante o Atlético MG, em pleno Independência, é inegável que a conquista seja questão de tempo. E um dos responsáveis pela arrancada espetacular falou com a imprensa nesta terça-feira.

Vágner Love conversou com os jornalistas e se mostrou empolgado com a chance de poder decidir o torneio já no próximo fim de semana, ante o Coritiba, na Arena Corinthians. Para isso, precisará vencer e torcer para que o Galo não vença o Figueirense, em Florianópolis. Love, no entanto, falou sobre a sua evolução e a superação pessoal, após duras críticas da torcida e imprensa, com seu mal futebol, péssima força física e técnica.

"Eu fico feliz de estar vivendo esse momento, por estar na fase boa do Corinthians e na minha fase boa depois de tudo o que aconteceu. Em momento nenhum abaixei a cabeça e segui trabalhando porque sabia que as coisas mudariam para melhor. e essa reta final está sendo boa."

Com passagens por Palmeiras e Flamengo, o centroavante viveu sob enorme desconfiança e até se tornou reserva de Luciano. Somente após a contusão do jovem atacante, Love retornou ao time e vem sendo decisivo nas últimas rodadas, com quatro gols em três jogos. Só que o jogador agradeceu à Tite por confiar no trabalho e pela oportunidade, além de seus companheiros, responsáveis por deixá-lo na cara do gol várias vezes.

"Tite sabe do meu potencial. Ele tirou tudo o que podia de mim. É uma peça fundamental para todos os jogadores. Não vou esquecer do dia a dia com os meus companheiros, o grupo é maravilhoso. Quando você tem um conjunto bom e consegue conquistar um título importante, fica na memória. Aconteceram eliminações, mas demos a volta por cima."

As seguidas eliminações foram um capítulo destacado pelo artilheiro. Segundo ele, saber absorver as derrotas foi fundamental para poder reerguer e amadurecer a equipe.

"O nosso grupo não tem vaidade. Os jogadores poderiam ter largado mão depois das eliminações, falaram que brigaríamos para não cair. Mas não, a gente vinha fazendo um bom trabalho. Não nos abalamos, trabalhamos forte e todos botaram isso na cabeça. Demos uma virada, conseguimos ter um padrão de jogo que nos fez chegar neste momento de hoje."

Love e Corinthians seguem trabalhando para sacramentar o título. A semana será cheia para descanso e trabalhos técnicos. A equipe tem 73 pontos, com 11 na frente do Galo, segundo colocado. Restam apenas cinco rodadas e a Fiel quer comemorar oficialmente o quanto antes.

VAVEL Logo