Tite comemora vitória do Corinthians e admite: "Título ficou bastante encaminhado"
Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians

O Corinthians bateu o Coritiba por 2 a 1, na noite deste sábado (7) e está próximo de conquistar o sexto título brasileiro de sua história. Os gols do timão foram marcados por Jadson e Lucca. Mais cedo, Negueba fez para os visitantes. A diferença para o Atlético-MG, segundo colocado, agora é de 14 pontos.

Restando quatro rodadas, o Corinthians, que agora soma 76 pontos, precisa apenas de um tropeço do Galo neste domingo (8) para se tornar campeão brasileiro de 2015. O Atlético-MG encara o Figueirense, no Orlando Scarpelli. Por outro lado, o Coritiba está na 18ª posição, com 34 pontos, dentro da zona de rebaixamento.

O técnico Tite comentou em entrevista concedida após a partida que o clima criado durante a semana gerou uma pressão: “A semana foi atípica e muito difícil. Filtrar tudo o que vem de fora, comentários pela grande atuação, pelo título encaminhado. Foi duro. Isso acaba mexendo com o atleta. Quando tomou o gol, o nível de concentração baixou e os erros aumentaram.

Avisei no intervalo que deveria ser mais contundente. Essa perda da objetividade é inconsciente. Não é ostentação e nem máscara, mas você deixa de se mobilizar como em outros jogos”, comentou o treinador.

Fizemos um grande primeiro tempo, o Coritiba não chutou uma bola. Mas por outro lado, faltou objetividade. Na segunda etapa mudei o posicionamento do Jadson e aproveitei o banco de qualidade colocando o jogador do um contra um, o Lucca, que acabou por fazer o gol da vitória”, disse.

Tite foi perguntado se ele levantaria o troféu no dia da festa, o treinador negou e passou a responsabilidade para os jogadores: “É um conjunto da obra, eu não sou o capitão. Nessa sequência vamos escolher. O título ficou bastante encaminhado, não consumado, mas a vitória de hoje era importante para se livrar. Agora são 14 pontos de vantagem, precisamos de um em 12. Não sei quem está na sequência do rodízio de capitães, mas com certeza não serei eu o primeiro a levantar a taça. Depois vou tirar uma foto muito emblemática e dizer qual é meu objetivo.

Sobre as lagrimas após o segundo gol corintiano, o técnico comentou a situação: “Tem que ter coragem para colocar as emoções para fora. E fizeram com o menino Thiago (Silva) um crime, porque ele colocou o seu sentimento para fora e se emocionou na seleção brasileira. Fica aqui a minha solidariedade a ele. Se fossemos nós e perdêssemos o jogo, iam dizer que o Tite chorou ou o Elias chorou.

O próximo jogo do Corinthians será contra o Vasco, na quinta-feira (19), às 22h. Caso o Atlético-MG não vença sua partida, a equipe já poderá comemorar o título durante a semana.

VAVEL Logo