Rodrigo Dourado valoriza vitória do Inter mesmo com atuação abaixo diante da Ponte Preta
Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Após vencer a Ponte Preta e voltar a encostar no G-4, os jogadores do Internacional admitiram um rendimento abaixo do esperado na partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar das dificuldades impostas pelo adversário de Campinas, Vitinho, em gol que gerou polêmica pela não utilização do fair play por parte do Inter, balançou as redes para garantir o placar de 1 a 0 e os três pontos na tabela.

O volante Rodrigo Dourado exaltou a importância da vitória em casa, combustível para a equipe lutar nas últimas rodadas pela vaga à Copa Libertadores de 2016: "Foi difícil. Eles neutralizaram a nossa saída de bola, mas conseguimos, com jogadas individuais, chegar ao gol. Contra o Goiás, nós jogamos bem quase todo o jogo, pressionamos, mas não vencemos. Ontem, não fomos tão bem, mas alcançamos os três pontos", comentou o pelotense.

De acordo com Dourado, Internacional e Ponte Preta realizaram uma partida de muita força física, de alta exigência técnica e emocional. Ele também falou com otimismo sobre estar curado de um problema no ombro e sobre as possibilidades de classificação: "Estou 100% já. Essa lesão já passou e não vai me impedir de continuar jogando. Faltam quatro jogos para a gente atingir o nosso objetivo", afirmou.

Na próxima rodada, o Colorado duelará fora de casa contra a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó. O jogo está marcado para ocorrer na quinta-feira (12), às 19h30. No jogo do primeiro turno, Inter e Chapecoense ficaram no 0 a 0 no Beira-Rio. Para continuar na briga pelo G-4 e dependendo de suas próprias forças, triunfar no oeste catarinense será fundamental às pretensões do clube.

O Internacional começou o domingo na sexta colocação, com 53 pontos, mesma pontuação em que Santos e São Paulo, respectivamente 4º e 5º colocados, iniciaram a rodada.

VAVEL Logo