Geuvânio se mostra a favor do retorno de Ganso e pede paciência à torcida
Foto: folhapress

Rejeitado pela maioria dos torcedores santistas, Ganso ganhou um apoio de peso para o seu retorno à Vila Belmiro. Em entrevista coletiva na última quarta-feira (11), o atacante "Caveirinha" se demonstrou receptivo a volta do meia, pedindo inclusive para os torcedores virarem a página obscura que foi a saída de Paulo Henrique.

"É difícil do jeito que ele saiu, né? Mas tudo é o tempo. Se der tempo para ele, ele vai conseguir a confiança do torcedor novamente. O que passou é passado. A gente tem que virar a página. Caso ele venha para cá, ele vai honrar a camisa do Santos, como ele sempre fez", disse Geuvânio.

Geuvânio teve sua primeira passagem no time profissional em 2011, quando Ganso ainda integrava o elenco santista. Apesar de nunca atuarem juntos, o atacante santista não poupa elogios ao meio-campista do time tricolor.

"Peguei só um pouco dele aqui no profissional, quando ele estava naquela época muito boa com Neymar. Mas todo mundo sabe da sua capacidade, jogador de Seleção, todo mundo sabe disso. Então, se der certo dele voltar aqui para o Santos, todo mundo vai receber ele de braços abertos", comentou o santista.

Com muita convicção, Geuvânio confia no bom rendimento de Ganso na Vila Belmiro e reforça que caso a negociação se concretize, a torcida santista o receba da melhor maneira.

 "A torcida tem que maneirar um pouco, porque se ele vir para o Santos, ele vai dar conta do recado, como ele sempre deu. A gente tem que receber ele de braços abertos e espero que a torcida também, caso ele venha, dê toda confiança para ele poder retomar o futebol que ele vinha fazendo", concluiu o jogador.

Os rumores do retorno de Ganso à Vila Belmiro ganharam ainda mais força nesta quinta-feira (12), devido suposto encontro entre o Pepinho, agente de Paulo Henrique e dirigentes santistas. O presidente Modesto Roma afirma que o encontro da diretória é para tratar sobre outro cliente do representante, o atacante Neto Berola, que está emprestado ao Santos.

Focado na reta final do Campeonato Brasileiro com o São Paulo, Ganso já declarou que não rejeita que Pepinho converse com clubes interessados.

"Quando chegar alguma proposta realmente, e se chegar, aí sentam (clube interessado) com o presidente Leco e ele fala se precisa me negociar ou se querem que eu fique. Não dá para falar que só jogo no São Paulo e fechar as portas para qualquer outro clube", disse o meia em entrevista na semana passada.

VAVEL Logo