Brasil faz bom segundo tempo e arranca empate com Argentina fora de casa

Nesta sexta-feira (13), Argentina Brasil fizeram um grande clássico válido pela terceira rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018. Em partida de tempos opostos, Lavezzi marcou para os argentinos e Lucas Lima fez para a Seleção Brasileira: 1 a 1.

Com o resultado, a Argentina segue sem vencer nas Eliminatórias, com apenas dois pontos em três partidas, ocupando a decepcionante 8ª colocação. Por outro lado, o Brasil segue na quinta colocação com quatro pontos em três partidas.

Na próxima rodada, os argentinos terão duelo complicadíssimo, quando irão até Barranquilla encarar a Colômbia na terça-feira (17), às 18h30 (horário de Brasília). No mesmo dia, só que às 22h (horário de Brasília), o Brasil recebe, na Fonte Nova, em Salvador, o Peru.

Argentina domina e sai na frente

A partida começou a todo vapor em Buenos Aires, principalmente pelo lado dos donos da casa, que tomavam conta do duelo nos primeiros minutos, tanto que a primeira chegada foi da Argentina, quando Roncaglia chegou bem pela direita, com liberdade, e cruzou. A bola foi com veneno e Alisson espalmou. Na sobra, ainda ficou com os argentinos, que mandaram a bola na pequena área, as Higuaín dominou mal e perdeu uma boa chance.

O Brasil não conseguia chegar bem à frente, tendo em vista a boa marcação exercida pelos argentinos e a falta de jogadores brasileiros no ataque. A Argentina, por outro lado, seguia dominando o jogo, chegando, principalmente, pelas laterais. Aos 23', a Argentina chegou bem mais uma vez, quando Banega recebeu no meio com liberdade e arriscou. A bola passou com perigo por cima da meta de Alisson.

E depois de tanto pressionar, os hermanos chegaram ao gol, quando Di María recebeu com muito espaço no meio, fez boa jogada e acertou belo passe em profundidade para Higuain na direita. O camisa 9 argentino dominou, levantou a cabeça e cruzou rasteiro para Lavezzi, que antecipou Daniel Alves e finalizou para o fundo do gol, abrindo o placar em Buenos Aires: 1 a 0 Argentina.

O gol deu uma acordada na Seleção Brasileira, que começou a se lançar mais ao ataque após o tento sofrido. A primeira boa chance brasileira aconteceu apenas aos 41', quando Willian cobrou bem a falta pela direita e David Luiz cabeceou, mas mandou por cima do gol de Romero. O goleiro não foi exigido em um primeiro que terminou com a vitória dos hermanos.

Brasil equilibra as ações e busca empate

O segundo tempo começou e a Argentina voltou melhr mais uma vez, tanto que chegou com muito perigo logo com um minuto, quando Otamendi roubou a bola, tabelou bonito com Higuain e passou na esquerda para Banega, que finalizou, mas Daniel Alves chegou bem no carrinho. Na sobra, a bola ficou para o próprio Banega, que acertou a trave de Alisson.

Mas diferente da primeira etapa, o Brasil voltou com mais ímpeto ofensivo e conseguia assustar, principalmente pela esquerda. E na primeira ótima chance que teve, a Seleção Brasileira abriu o placar, quando Daniel Alves recebeu na direita e cruzou para Douglas Costa, que havia acabado de entrar. O camisa 7 acertou o travessão e no rebote, Lucas Lima pegou de primeira e empatou o jogo em Buenos Aires: 1 a 1.

O gol melhorou ainda mais a partida, com pressão pelos dois lados, principalmente pelo lado brasileiro. O Brasil dominava o segundo tempo, jogando bem melhor que na primeira etapa. O trio Neymar, Willian e Douglas Costa era quem mais dava trabalho, tanto que o camisa 10 da seleção brasileira apareceu muito bem, quando ele dominou, levou e tentou de canhota, mas Romero espalmou.

No final, a partida ficou bem quente, com os jogadores se desentendendo. Na última boa chance da partida, após bola na área, Otamendi cabeceou e a bola passou com perigo ao lado da meta de Alisson. Em um bom jogo, o clássico ficou no empate.

VAVEL Logo