D'Alessandro exalta possibilidade do Internacional no G-4: "Chances são reais e depende de nós"
Foto: Alexandre Lops / Internacional

No início desta segunda-feira (16), o meia D'Alessandro, do Internacional, concedeu entrevista coletiva falando sobre o momento do clube nessa reta final de Campeonato Brasileiro. O Colorado é o atual 6º colocado, com 53 pontos, apenas um atrás do Santos, o 4º. Sobre a briga por vaga na Copa Libertadores, o argentino exaltou as possibilidades rubras de chegar à competição sul-americana:

"Nós estamos brigando, faltando quatro rodadas e a um ponto do G4. As chances são reais e depende de nós. Eu sempre penso que jogando bem estamos mais perto da vitória. Mas, agora no final do campeonato o que me interessa é ganhar", disse o experiente capitão, atleta da meia cancha colorada.

Como aconteceu também às vésperas de decisões pela Libertadores deste ano, D'Alessandro criticou algumas publicações da imprensa, principalmente as que podem abalar o clima no vestiário da equipe. Ele discorreu:

"Acho que as coisas muitas vezes passam do limite. Eu tento me preservar, ficar com minha família em casa. Tem muita mentira. Quando começam a inventar historinha é complicado. Mas, agora precisamos de todas as forças", abordou sobre a chamada blindagem do grupo para focar no trabalho.

O meia respondeu também a respeito do próximo duelo, o de quinta-feira (19), pela 35ª rodada do torneio de pontos corridos. O Colorado encara a Chapecoense, na Arena Condá:

"É dificil. A Chapecoense venceu o River Plate e quase classificou na Sul-Americana. Demonstra um bom nível. Temos que lembrar do ano passado. Não podemos dar brecha e não podemos nos afastar da zona da Libertadores", ponderou sobre o adversário catarinense, que venceu o Inter na temporada anterior pelo placar elástico de 5 a 0.

Reafirmando a esperança no grupo dos vermelhos, D'Ale encerra a coletiva acreditando em mais uma vaga na principal copa da América do Sul. "Nós temos time, temos grupo. Estamos ganhando fora de casa, em jogos que ninguém pensava. Isso são sinais que a gente pode."

VAVEL Logo