Ponte Preta duela com desesperado Figueirense ainda sonhando com vaga na Libertadores
Foto: Divulgação/Figueirense

Depois da parada para a disputa das Eliminatórias, a Ponte Preta recebe o Figueirense nesta quarta-feira (18), às 21h (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em duelo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O confronto mexe com as duas partes da tabela, já que enquanto a Macaca está na nona posição com 50 pontos e busca o G-4. O time catarinense é o 16ª colocado com 36 pontos e está lutando para não cair.

As duas equipes não vêm de resultados satisfatórios, enquanto o time campineiro viajou até Porto Alegre e perdeu por 1 a 0 para o Internacional,  o alvinegro de Santa Catarina sofreu uma derrota em casa para o Atlético-MG com um gol nos últimos minutos, assim ficando o placar em 1 a 0.

Cristian prega respeito ao Figueirense

O camisa dez da Macaca, Cristian não vê vantagem em enfrentar uma equipe que briga para fugir da zona do rebaixamento. Segundo o jogador, os atletas do Figueirense darão a vida.

 “Jogar contra quem está brigando na zona de rebaixamento é muito complicado. Não tem um jogador que nunca teve nessa situação e que não queira sair. É uma final realmente. Eu sei como é e eles darão a vida. Em certos momentos do jogo ficam até desorganizados porque querem ganhar a todo custo. É complicado jogar contra e em casa temos que estar concentrados 100%. Contra o Joinville vimos que foi muito difícil. Não fizemos um bom jogo, mas conseguimos a vitória. Temos que atuar melhor, porque a dificuldade será parecida”, comentou o jogador.

Sobre a disputa por uma vaga na Copa Libertadores, o jogador disse que a equipe tem que pensar passo a passo.

Temos que fazer a nossa parte contra o Figueirense. Depois pensar nos outros resultados. Não adianta projetarmos lá na frente e não fazermos o que tem que ser feito. O primeiro adversário é o Figueirense. Aí depois vimos a sequência do campeonato, mas quantos mais pontos fizermos melhor”, finalizou.

Hudson Coutinho mantém mistério sobre escalação da equipe

Técnico Hudson Coutinho mantém o mistério sobre a equipe que vai enfrentar a Ponte Preta, em Campinas.  Em entrevista coletiva nesta terça-feira (17) , o treinador manteve o sigilo sobre qual escalação deve usar na partida.

Lutando para não cair, Hudson acha que o segredo é uma das armas da equipe. Ao menos a volta de Yago e Dudu foram confirmadas no time titular.  Apesar de manter nos treinos a mesma equipe que foi derrotada pelo Atlético-MG, o técnico tem uma dúvida para a vaga do suspenso João Vitor.

Pode ser o Paulo Roberto ou o Dener. Temos outras opções também, essa informação nós vamos segurar”, ressaltou o técnico.

Depois de uma semana e meia de treinamentos, o grupo de atletas trabalhou para corrigir alguns erros da equipe – já são quatro jogos sem vitórias no campeonato. Treinos de finalizações, posicionamento e, principalmente, muita conversa entre os jogadores.

As conversas com os atletas passam principalmente por aquilo que eles vêm sentindo nesse dia a dia. É muito bom saber o que o atleta pensa, o que ele gosta de fazer. Eu procuro conversar muito para poder ter esse “feedback”, é importante. Gosto de saber o que o atleta está sentindo e as opiniões deles são sempre importantes”, finalizou.

VAVEL Logo