Árbitro relata ofensas e ironias de Robinho na súmula: "Esse gol é pra ti"
Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras

Logo após que Alecsandro marcar o gol que empatou o jogo por 3 a 3 contra o Atlético-PR, na última quarta-feira (18), Robinho dirigiu-se ao árbitro da partida Dewlson Freitas da Silva e comemorou o gol na sua frente e foi expulso. Esse foi o motivo da expulsão do meia, aos 49 minutos do segundo tempo, segundo o relato do árbitro na súmula divulgada pela a CBF, foi pela a ofensa do camisa 27 palmeirense. 

"Após a marcação do terceiro gol de sua equipe, o mesmo proferiu as seguintes palavras de forma grosseira e ofensiva, gesticulando com o dedo em riste: "tá aí seu m...! seu filho da p... seu c... ruim! esse gol é pra ti!", relatou o árbitro.

Após o fim do jogo, o meia foi questionado sobre a expulsão, o jogador confessou ter ofendido o árbitro antes mesmo do empate, o meia xingou o árbitro na confusão do terceiro gol do Atlético-PR, onde os jogadores palmeirenses reclamavam que a falta que resultou na jogada do gol, foi cobrada rapidamente. 

"Tem que perguntar para ele [o porquê]. Ele é tão ruim, que nós tomamos o gol, xingamos ele, e ele não expulsou ninguém", falou Robinho 

Além de Robinho, o zagueiro Jackson também foi expulso e também teve seu nome citado na súmula, o zagueiro foi expulso aos 48 minutos do segundo tempo, numa suposta cotovelada no jogador adversário. 

A arbitragem gerou muita polêmica durante a partida e desagradou os dois lados. A equipe do Atlético-PR reclama dos acréscimos que Dewlson Freitas da Silva assinalou, o árbitro marcou 3 minutos e deixou o jogo chegar até aos 49 minutos do segundo tempo, minuto esse que aconteceu o gol do Palmeiras, empatando a partida em 3 a 3.

Pelas as expulsões, ambos os jogadores do Palmeiras serão automaticamente levados a julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o STJD. Dependendo da análise da procuradoria do órgão responsável e dos artigos que serão enquadrados, Robinho e Jackson podem correr o risco de ficarem de fora da final da copa do Brasil, contra o Santos. 

VAVEL Logo