Santos empata sem gols com Flamengo e deixa zona da Libertadores

Na noite desta quinta-feira (19), o Santos recebeu o Flamengo no estádio da Vila Belmiro, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. As equipes terminaram o jogo sem conseguir mexer no placar, num zero a zero com destaque para os goleiros, principalmente no primeiro tempo. 

O resultado não foi bom para o Santos, somando apenas um ponto nesta rodada, o time de Dorival Júnior saiu do G-4, pois o São Paulo, então 5º colocado, venceu o Atlético Mineiro no Morumbi e subiu para a 4ª posição, deixando o time santista logo abaixo. O Santos entra em campo novamente pelo brasileirão no próximo domingo (22), contra o Coritiba no Couto Pereira, às 19h30.

O empate deixa as chances cada vez menores do Flamengo de conseguir uma vaga na Libertadores, o time de Oswaldo de Oliveira encerrou a rodada na 11ª colocação, com 48 pontos somados, longe do grupo dos quatro primeiros. O rubro-negro entra em campo novamente contra a Ponte Preta, no estádio Mané Garrincha em Brasília, as 18h.

Goleiros brilham e primeiro tempo termina sem gols

A partida começou com as equipes bastante soltas em campo, buscando mais o jogo do que normalmente aconteceria, se a mesma estivesse com maior relevância. Com o jogo aberto as oportunidades logo surgiram, o Flamengo teve a primeira chance no cruzamento de Jorge para Emerson Sheik, mas a zaga santista cortou no momento certo.

Conforme as chances apareciam, os goleiros de ambas as equipes começavam a se destacar. Paulo Victor fez a primeira grande defesa da noite aos 11 minutos, em chute cruzado de Geuvânio da entrada da área. Minutos depois foi a vez de Vanderlei brilhar, em três oportunidades: a primeira com Emerson Sheik dentro da área batendo cruzado, logo depois o goleiro santisa parou o atacante Kayke num lance mano a mano e espalmou para escanteio a bonita finalização de Gabriel, próximo a área.

O Flamengo levava vantagem até a metade do primeiro tempo, embora o time do Santos não deixasse de incomodar. As equipes foram cansando conforme o tempo passava, fazendo a partida cair um pouco de ritmo e emoção.

Na parte final, as equipes ainda tentaram fazer um último esforço para marcarem antes do fim do primeiro tempo, o time do Santos assustou com chute de Gabriel da meia-lua, que passou próximo ao travessão assustando Paulo Victor; o Flamengo apesar da superioridade não conseguiu criar mais chances de gol, fazendo assim com que a primeira parte encerrasse sem gols.

Segundo tempo ruim tecnicamente e sem balançar as redes

O segundo tempo começou com muitos erros de passes, de ambas as equipes. O time do Santos errava na saída de bola e o Flamengo se enrolava na defesa na hora de fazer os cortes. E após o começo trapalhão de partida, as os times começaram a se arrumar em campo.

A primeira boa chance do segundo tempo, aos 11 minutos, foi santista, com Geuvânio recebendo no bico direito da área e chutando colocado, obrigando Paulo Victor a fazer grande defesa, espalmando para escanteio. O time do Santos era melhor, mas não conseguia chegar com efetivo perigo ao gol do Flamengo, que também tinha dificuldades pra armar jogadas de ataque.

O Flamengo parecia desinteressado no jogo e o Santos, mesmo não fazendo uma grande partida no segundo tempo, tentava marcar aos trancos e barrancos, aos 29 a equipe de Dorival Júnior quase marcou, quando Gabriel recebeu na pequena área e chutou forte, Paulo Victor fez outra grande defesa, dessa vez quase a queima-roupa, salvando o time rubro-negro.

Na parte final do jogo, o Flamengo teve duas grandes chances de marcar, uma com Guerrero sendo lançado na área e o goleio Vanderlei crescendo sobre o peruano, evitando o gol e pouco depois o argentino Canteros dentro da área, chutou em cima do goleiro santista, que fez outra grande defesa. A equipe rubro-negra ainda teve o lateral-direito Jorge expulso nos acréscimos, e sem mais oportunidades, o jogo acabou num empate com placar zerado.

VAVEL Logo