Victor diz que Atlético-MG não pode desanimar e foca no vice: “É o mínimo que podemos fazer”
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Mesmo com a derrota de virada para o São Paulo, por 4 a 2, na noite desta quinta-feira (19), no Morumbi, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o goleiro Victor avisou que o Atlético-MG não pode abaixar a cabeça na reta final do Brasileirão. O título do campeonato ficou, de fato, com o Corinthians, mas o jogador entende que a equipe mineira precisa se recuperar do revés contra os paulistas e focar nos próximos compromissos.

Não pode e nem deve [abaixar a cabeça]. Temos ainda três jogos para acabar o campeonato e o nosso objetivo é terminar na segunda colocação, até em termos de prestígio por tudo que a gente fez na competição. É o mínimo que podemos fazer”, disse o camisa 1 após o empate no Morumbi.

Mesmo com a derrota para o São Paulo, o Atlético se garantiu na fase de grupos da Copa Libertadores de 2016. Isso porque o Santos, que iniciou a rodada na quarta colocação, não saiu do zero contra o Flamengo na Vila Belmiro, foi ultrapassado pelo São Paulo e não pode mais alcançar o Galo. Porém, a meta para os alvinegros é a segunda colocação.

Vamos pensar no Goiás, no domingo. Temos que fazer de tudo para vencê-los, até porque eles vêm de uma situação complicada. Eles precisam da vitória tanto quanto a gente. O Grêmio também tem um Gre-Nal, um jogo muito difícil onde tudo pode acontecer. A gente tem que fazer o dever de casa”, frisou Victor.

A gente tem que fazer por merecer. O futebol é dentro de campo. Onze contra onze. Ainda mais no campeonato brasileiro, onde às vezes os resultados são surpreendentes, então a gente tem que estar atentos para não sermos surpreendidos dentro de casa”, encerrou o goleiro, pedindo atenção às próximas partidas que o Atlético fará em Belo Horizonte.

Se o Atlético vencer as duas partidas em casa, contra Goiás e Chapecoense, garante a segunda posição no campeonato, independe de quaisquer outros resultados. O primeiro duelo será diante dos goianos, no próximo domingo (22), às 17h (de Brasília), no Independência, pela 36ª rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo