Presidente do Santa Cruz afirma manter base para Série A em 2016: "Grupo de homens com caráter"
(Foto: Divulgação/Santa Cruz)

A agonia foi longa, a pasmaceira não parecia ter fim. Mas o Santa Cruz conseguiu superar inúmeros obstáculos e retornou à Série A do Campeonato Brasileiro após uma década ao vencer o Mogi Mirim por 3 a 0 no último fim de semana. A festa foi grande, a euforia ainda está enorme, mas o time precisa pôr os pés no chão e começar a planejar o futebol em 2016. Afinal, além do Campeonato Pernambucano, da Copa do Brasil e do Campeonato do Nordeste, a disputa do Campeonato Brasileiro da Série A se tornou a principal competição a ser disputada pelo Tricolor do Arruda.

O presidente do Santa Cruz, Alírio Moraes, afirmou que, diferente dos outros anos, quando o Santinha não conseguiu se manter na primeira divisão, o time vai ter um futuro diferente. Para isso, pretende manter boa parte do elenco que participa da atual Série B. A dificuldade é grande, uma vez que a maioria dos vínculos contratuais dos atletas encerra-se no final deste ano, exceto aos jogadores formados na categoria de base da equipe, além do atacante Grafite, cujo contrato finaliza na metade de 2016.

“A ideia é manter essa base fantástica. É um grupo de homens, com caráter. Que dizem do que gostam e do que não gostam olhando no meu olho. A gente estabeleceu essa cumplicidade. Nunca me furtei de sentar, esclarecer e tentar buscar caminhos no momento de dificuldade para resolver os problemas financeiros. Uma grande equipe começa com grandes homens. O departamento de futebol vai avaliar, mas, do meu ponto de vista, grande parte desse elenco tem condição de conversa para manter”, explicou Alírio, ao afirmar que pretende manter a base de atletas que formou o plantel deste ano.

Sobre contratações, o mandatário coral afirmou que serão feitas, por serem necessárias para fortalecer um grupo que disputa um campeonato com um nível mais elevado. Segundo Alírio, os novos reforços virão para formar um Santa Cruz forte, que não entre no campeonato apenas com o objetivo de não ser rebaixado.

“Vamos subir mais fortalecidos. Não sou de me conformar com pouco, logicamente quando percebo que há condições para ir além. Vamos buscar um desempenho de time grande na Série A”, concluiu.

VAVEL Logo