Mano Menezes não confirma acerto com Shandong Luneng, mas afirma: "Está bem encaminhado"
Mano buscará 14ª partida de invencibilidade, para, possívelmente, encerrar passagem pelo Cruzeiro (Foto: Washington Alves/Light Press)

Mano Menezes está perto de dizer "adeus" ao Cruzeiro. Após o treino desta quarta-feira (2), o técnico celeste concedeu entrevista coletiva na Toca da Raposa II, para dar explicações sobre as notícias veículadas no início da tarde, de que teria aceitado a proposta do Shandong Luneng. O gaúcho confirmou que está negociando com os chineses, porém, manteve a cautela e não garantiu o acerto.

“As coisas andaram bem, não gosto de enganar ninguém, mas ainda não tenho acerto final. Quando tiver, só pode partir do clube com quem você fez acerto, por quem te contrata. Não é irreversível. Está bem encaminhado, mas precisamos aguardar para as coisas estarem finalizadas”, disse o treinador.

Apesar da cautela, Mano Menezes ressaltou que a possibilidade de aceitar assumir o time chinês, é maior neste momento, e que estuda levar junto com ele, para fazer parte da comissão técnica, até seis profissionais. O treinador enxerga a proposta como uma "oportunidade ímpar", por causa da cultura diferente da China. Mano espera representar positivamente o Brasil no continente asiático, após acertar os últimos detalhes com o Shandong.

"Costumo enxergar isso como oportunidade ímpar. Você tem de saber se quer ou não. Não existem só coisas boas. É uma cultura muito diferente. Os profissionais têm suas famílias. Tudo isso está dentro de pacote grande a ser resolvido. Neste momento, você tenta conjugar todos os fatores e levar profissionais com competência para representar o Brasil”, declarou Mano.

O gaúcho esteve acompanhado na entrevista coletiva, do diretor de futebol do Cruzeiro, Thiago Scuro. O dirigente fez um pronunciamento em nome do clube celeste, afirmando que atualmente, a Raposa já trabalha buscando outros nomes para treinar a equipe em 2016. O favorito a ocupar a vaga de Mano, é Deivid, que faz parte da comissão técnica fixa do time.

"Trata-se de negociação complexa, para todos diretos serem respeitados. Em quase 3 meses no Cruzeiro, tive prazer enorme de trabalhar com Mano. Tivemos colaboração do Mano para construirmos conceito de identidade do Cruzeiro. A mensagem que quero deixar é que vamos defender o trabalho de construção de um modelo e identidade para o Cruzeiro. É evidente que já trabalhamos com perspectiva de buscarmos novo treinador. É dever reorganizarmos o clube da forma mais rápida possível. Vamos conversar com profissionais que têm a mesma linha de pensamento, filosofia de jogo do Cruzeiro", garantiu.

Mano Menezes estará comandando a Raposa na partida de encerramento do Campeonato Brasileiro, no domingo (6), contra o Internacional, no Beira Rio. Até lá, o treinador terá a resposta definitva sobre a proposta chinesa, mas, independente da decisão, o gaúcho estará à beira do campo. O treinador possui contrato com o Cruzeiro até 2017, com uma multa rescisória estipulada em torno de R$7 milhões.

VAVEL Logo