Internado há uma semana, ex-atacante Paulinho Kiss morre aos 55 anos
Foto: Reprodução

O ex-atacante Paulinho Kiss faleceu na madrugada de sexta-feira para sábado, aos 55 anos, vitimado por um aneurisma cerebral. Paulinho teve um mal estar enquanto trabalhava em sua empresa onde vendia peças para trator, a Trator Kiss, sendo conduzido até o Hospital das Clínicas onde entrou em coma.

Há uma semana, ele aguardava por uma cirurgia, mas não resistiu a espera e morreu. O ex-jogador deixa esposa e dois filhos, e foi velado e enterrado no cemitério Bosque da Esperança ainda no sábado.

Carreira

Paulo Roberto Patrício de Sousa nasceu no dia 7 de junho de 1960, em Felixlândia. O jogador iniciou a carreira dele nas categorias de base do América, quando alçou a equipe profissional em 1980. O jogador atuou com atletas como Wagner Oliveira, Mateus, Eraldo, Vâner, entre outros.

O destaque do jogador com a camisa do América-MG chamou a atenção dos dirigentes do Atlético-MG que o contratou após o encerramento da Taça de Ouro (Campeonato Brasileiro) de 1983. O atacante já era conhecido como Paulinho Kiss após ter assistido o show da banda de rock Kiss, no Mineirão, meses antes.

Paulinho ficou no Atlético-MG até o final de 1985 e um de seus atos com a camisa atleticana foi o gol anotado contra o Cruzeiro, na terceira partida decisiva do Campeonato Mineiro daquele ano. Após dois empates, 2 a 2 e 0 a 0, o embate final também terminou em igualdade. Na prorrogação, o atacante fez o gol do título (video acima). No total, o centroavante fez 22 gols em 88 jogos pelo clube e conquistou também o Estadual de 1983.

Paulinho encerrou a carreira em 1988 após passar por equipes como Atlético-PR, Grêmio Maringá-PR, Botafogo, Uberaba-MG, Villa Nova-MG, antes de retornar ao América-MG. Ele encerrou a carreira como jogador no Marília, no interior de São Paulo.

VAVEL Logo