Rogério Ceni, o segundo goleiro com mais títulos por um mesmo clube no mundo
Especial: Rogério Ceni, o segundo goleiro que tem mais títulos por um mesmo clube no mundo

No mundo do futebol, muitos jogadores ficaram marcados não apenas por suas apresentações irrepreensíveis, mas também, pelo número de títulos conquistados em suas carreiras. Rogério Ceni é um nome a ser exaltado nesta seleta lista.

O goleiro do São Paulo, que está pendurando as chuteiras oficialmente nesta sexta-feira (11), após mais de 20 anos de carreira, sendo que, toda ela, dedicada ao tricolor do Morumbi, assistiu do banco de reservas e também figurou entre os titulares nas maiores conquistas da equipe são paulina.

No total, desde o Mundial Interclubes de 1993, quando Rogério Ceni foi banco, até os dias atuais, o camisa 1 colecionou 18 títulos, consagrando-se como o maior vencedor de títulos na posição no Brasil e o segundo, mundialmente.

Rogério só fica atrás do lendário goleiro português Vitor Baía, que, em 19 anos de carreira como profissional, faturou nada mais, nada menos que 34 canecos. Tantos títulos foram acumulados em passagens pelo Porto-POR, onde ele conquistou 27, e pelo Barcelona-ESP, além de 12 anos consecutivos servindo a Seleção Portuguesa.

Primeiro título como titular - Copa Conmebol 1994

O primeiro título como goleiro titular foi a Copa Conmebol de 1994. Rogério participou do chamado "Expressinho tricolor", como foi apelidado aquela equipe composta por jogadores reservas mesclada com atletas formados no próprio clube. Ceni, então com 21 anos, era o camisa 1 e levantou a sua primeira taça.

A final foi contra o Peñarol-URU, tradicionalíssimo em competições Sul-Americana e montado com o que tinha de melhor. No primeiro jogo, o São Paulo venceu por 6 a 1, resultado que deu sustentação para o tricolor jogar a segunda partida. Mesmo perdendo por 3 a 0, os paulistas levantaram seu primeiro título da Conmebol.

VAVEL Logo