Ídolo do Sport, ex-atacante Leonardo falece após falência múltipla dos órgãos
Leonardo conquistou nove títulos com a camisa do Leão, sendo duas Copas do Nordeste e sete estaduais (Foto: Divulgação/Sport)

Ídolo do Sport, ex-atacante Leonardo falece após falência múltipla dos órgãos

Ex-atacante estava internado no hospital da Restauração, em Recife, desde o dia 3 de fevereiro por conta de uma neurocisticercose

oReporterdoPovo
Júnior Melo

O Sport Club do Recife e seus torcedores estão de luto nesta terça-feira (1º), pois um dos maiores ídolos do clube acabou falecendo durante o período da tarde no hospital da Restauração, em Recife, Pernambucano. Aos 41 anos, o ex-atacante Leonardo, que estava internado na capital pernambucana desde o dia 3 de fevereiro, acabou não resistindo e morreu por conta de falência múltiplas dos órgãos.

De acordo com a nota divulgada pelo hospital da Restauração, o ex-atacante faleceu às 15h15 da tarde desta terça-feira (1º). O mesmo foi internado no local no dia 3 de fevereiro por conta de uma neurocisticercose, doença oriunda do consumo de carne de porco indevidamente preparada. Ele teve um piora no quadro clinico nas últimas semanas e acabou entrando em coma induzido, mas não respondeu bem após a retirada do medicamento e passou ao estado de coma em grau 3. 

Natural de Picos, no Piauí, Leonardo fez história com a camisa do Sport. O ex-atacante é o terceiro maior artilheiro da história do escrete da Ilha do Retiro, com 136 gols marcados, perdendo apenas para Traçaia e Djalma, que aturam pelo clube leonino nas décadas de 50 e 60 e marcaram 202 e 161 tentos, respectivamente. Ainda pelo Leão, Leonardo conquistou nove títulos, sendo duas Copas do Nordeste (1994 e 2000) e sete Campeonatos Pernambucano (1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 1999 e 2000).

Leonardo iniciou sua carreira pelo Sport em 1994 e, no ano seguinte, se transferiu para o Vasco ao lado de Juninho Pernambucano. Além do clube cruzmaltino, o atacante passou por Corinthians, sendo um dos artilheiros do alvinegro paulista na Libertadores, e, ainda 96, foi para o  Palmeiras até que retornou ao Leão em 1997, ficando até 2001, quando foi contratado pelo Cruzeiro. 

No clube mineiro, Leonardo não teve grande destaque e acabou logo se transferindo para o Vitória-BA. O atacante, depois disso, passou por 13 clubes, sendo um deles o rival Santa Cruz, mas não conseguiu brilhar. A sua última passagem pelo Leão aconteceu na temporada 2005, porém, o desempenho ficou aquém do esperado. O mesmo encerrou sua carreira em 2012, na Afogadense-PE, aos 38 anos. 

Desde 2014 o atacante Leonardo vinha trabalhando nas categorias de base do Leão como preparador de atacantes. Ele ajudava os jovens atleas nas questões de chutes e posicionamento para um melhor aproveitamento na chegada ao profissional do clube.

Um dos confrontos mais memoráveis do atacante com a camisa do Sport aconteceu em 2000, quando o mesmo foi responsável por marcar cinco gols e ainda da uma assistência na goleada do Leão por 6 a 0 diante do Atlético-MG, em pleno Mineirão, em Belo Horizonte, Minas Gerais, pelo Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo

Sport Club do Recife Notícias

há 16 dias
há 16 dias
há 16 dias
há 17 dias
há 20 dias
há 25 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês