Sport recebe lanterna Central mirando consolidação no G-4 do Pernambucano
Foto: Júnior Melo/VAVEL Brasil

Sport e Central vão entrar em campo na tarde deste sábado (12), para fazer um embate válido pela sétima rodada do hexagonal do título do Campeonato Pernambucano, às 17h00, na Ilha do Retiro, em Recife, Pernambuco, com a necessidade de vencer. O triunfo para os leoninos será fundamental para continuar com tranquilidade na temporada e colocar um fim na sequência de três jogos sem vencer, enquanto a Patativa precisa ganhar para continuar sonhando com a ida às semifinais do estadual.

O Sport chega para este embate com a obrigação da vitória para deixar seus torcedores mais tranquilos e continuar sem riscos no G-4. Na terceira colocação, com 10 pontos, os leoninos empataram na última rodada com o Náutico, fora de casa, no entanto, o resultado que deixou os adeptos do escrete da Ilha do Retiro mais insatisfeito aconteceu no meio da semana, quando enfrentaram o Fortaleza, no Ceará, pela Copa do Nordeste, e foram derrotados por 2 a 1 após apresentarem um futebol aquém do esperado.

Apenas um milagre pode colocar o Central no mata-mata do Campeonato Pernambucano deste ano. O futebol apresentado pelo time de Caruaru até agora não foi suficiente para vencer na competição. Desta maneira, está na lanterna do certame, com apenas um pontos, conquistado na última rodada ao empatar com o Santa Cruz, em pleno estádio do Arruda, sem gols.

O responsável por comandar os 90 minutos do confronto desta tarde será Wagner Cabral, que pertence ao quadro de árbitros da Federação Pernambucana de Futebol (FPF). O mesmo terá como auxiliares Elan Vieira (PE) e Aldir Pereira, que também pertence ao quadro da entidade pernambucana.

Sem tempo para treinar, Falcão promove retorno de Luiz Antônio e deixa ataque em aberto

O time não vem rendendo o esperado e o técnico Paulo Roberto Falcão não tem encontrado tempo para trabalhar uma melhor formação. Para este embate com a Central, o treinador teve direito de fazer apenas uma movimentação com seus comandados, pois os leoninos chegaram à capital pernambucana, depois de enfrentar o Fortaleza, apenas na quinta-feira (11). Com isso, os 11 titulares só vão ser conhecidos momentos antes do apito inicial.

Diante das seguidas falhas, o zagueiro Matheus Ferraz começa a ser bastante contestado por parte dos torcedores, mas o técnico rubro-negro deve continuar com ele fazendo dupla de zaga com Durval. A grande dúvida para o confronto é mesmo no setor ofensivo, pois contra o Fortaleza o treinador optou pela entrada de Túlio de Melo na vaga do meio-campista Luiz Antônio. Mas não demorou muito para sacar Gabriel Xavier e colocar Luiz.

Com isso, o retorno de Luiz Antônio para fazer o trio de volantes com Rithely e Serginho é garantido. Desta maneira, fica a incógnita para saber se quem vai sair será um dos atacantes (Vinícius Araújo ou Túlio de Melo) ou o meia-atacante Gabriel Xavier, que ainda não conseguiu render o esperado. Túlio larga na frente pelo número de gols que vem marcado, inclusive foi ele quem fez contra o Leão cearense, e Gabriel pode continuar com a titularidade por conta de necessidade de armação das jogadas.

O atacante Túlio de Melo reconheceu que o momento do rubro-negro pernambucano não é dos melhores por conta da falta de qualidade no futebol, mas garante que todos estão trabalhando para buscar não repetir os erros e reencontrar o caminho das vitórias na temporada.

“Sabemos que não estamos jogando da maneira que o torcedor espera. Precisamos avaliar bem o que está acontecer para mudar isso e voltar a ter vitória na temporada. Garanto que trabalho e empenho não estão faltando. Contra o Fortaleza perdemos por conta da falta de concentração desde o início da partida”, avaliou o atacante rubro-negro.

Central deve ter três alterações e retorno de Candinho ao ataqu

A fase está longe de ser das melhores, pois o time ainda não venceu no hexagonal do título, mesmo após ter passado pela primeira fase do estadual com muita tranquilidade. Desta forma, é vencer ou vencer para continuar sonhando com uma improvável ida ao mata-mata da competição. Se não bastasse a pressão natural, o técnico Flávio Barros ainda encontra dificuldades para montar a equipe titular, uma vez que conta com três desfalques no setor defensivo.

Os zagueiros Vinícius Santos e Henrique e o volante Daniel Paraí estão impossibilitados de enfrentar o Leão por conta de suspensão. Vinícius e Daniel receberam o terceiro cartão amarelo diante do Santa Cruz e vão precisar cumprir a suspensão automática, enquanto Henrique sofreu uma punição de dois jogos pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE), pela expulsão contra o América-PE. 

Com os desfalques, o técnico Flávio Barros vai acionar Jonatas para formar dupla com Márcio Paraíba, enquanto na cabeça de área Moisés ganhará mais uma oportunidade para atuar com Charles Wagner. A outra alteração será no setor ofensivo, com Candinho entrando no ataque e o experiente Araújo indo para o meio-campo ficar responsável pela armação das jogadas com Giso.

O experiente atacante Lourival estreou na última rodada e até perdeu a melhor oportunidade de jogo no último minuto. O atacante lamentou bastante, pois poderia fazer o time vencer pela primeira vez, mas acredita que o ponto somando ante o Santa Cruz foi muito importante e mostra confiança na busca por uma vaga no mata-mata.

“Acho que o mais importante foi que a equipe somou. Fizemos um bom jogo e o time vem fazendo bons jogos. Contra o Santa Cruz conseguimos se segurar lá atrás, mas infelizmente não fizemos lá na frente. Agora vamos trabalhar para conseguirmos ir bem nestes jogos que faltam para tentar essa classificação, pois sabemos que é difícil, mas não impossível”, destacou o atacante alvinegro.

VAVEL Logo