Sidão relembra tempos de Corinthians e lamenta: "Desperdicei a oportunidade da minha vida"
Sidão relembra os tempos de Corinthians e diz que só fazia besteira

Um dos heróis da classificação do Audax diante do Corinthians nesse sábado (23), o goleiro Sidão que agora faz parte do elenco finalista do Campeonato Paulista 2016, fez questão de relembrar de um tempo bem diferente em sua carreira quando ainda fazia parte do time de base do rival desta noite.

Ele foi goleiro do time B do time alvinegro entre 2001 e 2003, o goleiro de 33 anos comemorou e muito a reviravolta dada em sua carreira como jogador. Ele já havia ressaltado ao longo da semana que a bebiba e as festas o atrapalharam e depois de brilhar com algumas defesas no tempo normal e pegar um pênalti na decisão na marca da cal, ele voltou a relembrar do seu passado onde segundo ele os fatores externos atrapalharam muito seu príncipio de carreira.

"Eu estava entregue ao mundo, fazendo só besteira. Desperdicei a oportunidade da minha vida", contou à Rádio Globo na saída do gramado.

Ele também fez questão de elogiar o trabalho da comissão técnica que conseguiu trazer importante informações sobre os principais batedores do Corinthians para o enfrentamento.

Vale lembrar que após sair do Parque São Jorge, o arqueiro passou por Juventus-SP, Taboão da Serra, Sampaio Corrêa, União Mogi, Rio Claro, Luverdense, Grêmio Barueri, Icasa, Guaratinguetá e Audax Rio.

Vale lembrar que além de ajudar na saída de bola do time, ele também contribuiu com boas defesas no tempo e na série de grandes penalidades defendeu a cobrança do meia Rodriguinho na terceira cobrança do time da casa, algo que praticamente sacramentou a classificação visitante aquela altura. Também é interessante ressaltar que o goleiro aproveitou a chance que teve com a lesão de Felipe Alves na reta final da fase de classificação, algo que propiciou que o jogador chegasse à essa altura com a condição de titular.

VAVEL Logo