Cuca tenta afastar fraco retrospecto como treinador diante do Santos
Treinador tenta buscar novas vitórias diante do Santos (Foto:Palmeiras/Reprodução)

O técnico Cuca mal chegou ao Palmeiras e já parece ganhar confiança da torcida e da diretoria. O atual comandante palestrino sempre teve esse bom relacionamento com ambas as partes do clube, além dos jogadores, devido aos bons trabalhos que criaram sua carreira. No entanto, foi apenas em 2013 que o treinador entrou na lista dos técnicos campeões e consagrados do Brasil. Sim, ele montou ótimas equipes ao longo dessa década, como o São Paulo em 2004, Botafogo, de 2006 a 2008, Fluminense, de 2008 a 2010. Mas foi no Atlético-MG que ele entrou para a história: levou o título da Libertadores para Minas Gerais e colocou seu nome entre os maiores da vida do Galo.

Agora no Palmeiras, Cuca começou com quatro derrotas, mas alcançou quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos. Foi eliminado da Libertadores ainda fazendo com que o time jogasse bem. Neste domingo (24), o técnico tem a dura missão de enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista. Com a vitória, ele pode chegar a primeira final do ano no Palmeiras e aumentar a chance sair com o título. No entanto, o time da baixada não perde em casa no estadual desde 2010, e o retrospecto do treinador não é favorável diante do alvinegro praiano. Assim, a VAVEL separou quatro grandes clubes em que ele passou e seus respectivos duelos contra o próximo adversário do Palmeiras.

SÃO PAULO – 2004

A única partida que Cuca treinou pelo tricolor contra o Santos. O clássico terminou com vitória do time do litoral por 2 a 1, com gols de Deivid e Ricardinho para o Peixe, e Danilo para o São Paulo. Ainda assim, o time da capital desse ano foi a base da equipe vencedora da Libertadores em 2005, comandada por Paulo Autuori.

(Foto: Vanderlei Almeida/AFP/Getty Images)
(Foto: Vanderlei Almeida/AFP/Getty Images)

BOTAFOGO – 2006/2007

No segundo time que Cuca mais comandou na carreira, a história contra o Santos foi dura: Foi uma vitória, uma derrota e um empate. No primeiro confronto do Brasileirão de 2006, um jogo fraco que terminou 0 a 0. No returno, ambas as equipes se redimiram e fizeram um jogaço, que terminou em 4 a 3 para o Botafogo, com gols de Asprilla, Reinaldo, Juca e Zé Roberto para o time de Cuca, enquanto Kleber, Wellington Paulista e Reinaldo fizeram para a equipe de Luxemburgo. Em 2007, Vanderlei deu o troco e bateu os cariocas por 3 a 0.

FLUMINENSE – 2008/2009

Na passagem de Cuca pelo tricolor das laranjeiras, os jogos contra o Santos deveriam ser esquecidos: Foram três derrotas. No primeiro encontro das equipes, os paulistas ganharam de 2 a 1, com gols de Kléber Pereira e Bida e Romeu descontou para o Flu. Em 2009, Luxemburgo e Cuca voltaram a se reencontrar. Sorte para o 'profexô', que venceu a primeira partida do Brasileiro daquele ano por 4x1. Molina, Madson, Kléber Pereira (2) fizeram para o Santos, e Mariano fez para o Fluminense. No returno, mais uma vitória de Luxa. Dessa vez, o placar foi de 2 a 0, com de Ganso e André.

(Foto: Celso Pupo/FotoArena/LatinContent/Getty Images)
(Foto: Celso Pupo/FotoArena/LatinContent/Getty Images)

ATLÉTICO-MG – 2011 a 2013

Dessa vez, pelo time onde foi campeão e onde mais ficou no banco de reservas, Cuca mostrou um bom retrospecto diante do Santos: Foram três vitórias, um empate e uma derrota. Em 2011, o Galo ganhou do Peixe por 2 a 1, com gols de Réver e Magno Alves para os mineiros; Borges fez o do Santos. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2012, outra vitória de Cuca: 2 a 0, em que Danilinho e Réver estufaram a rede. No returno desse ano, o empate em 2 a 2. Miralles e Neymar fizeram para o Santos e Bernard e Jô fizeram para o Atlético. No Brasileiro de 2013, a primeira derrota do comandante para o Peixe, como técnico do Galo: Placar mínimo, 1 a 0, com gol de Cícero. No último confronto entre Cuca e Santos, a vitória foi dos mineiros, quando o juiz deu o apito final em 3 a 1. Cicinho marcou para o time da baixada, e Luan, Marcos Rocha e Alecsandro fizeram para o time de Belo Horizonte.

(Foto: Juan Mabromata/AFP/Getty Images)
(Foto: Juan Mabromata/AFP/Getty Images)

Vale a pena ressaltar que o último gol feito por uma equipe de Cuca diante do Santos foi de um atual jogador palmeirense. No caso, Alecsandro vem sendo um dos principais atletas do plantel alviverde de 2016, e ele conta com total confiança do treinador.

No geral, o técnico não vai bem diante de seu próximo adversário no Paulistão. Em 14 jogos contados pela VAVEL, foram quatro vitórias, três empates e sete derrotas, ou seja, de 42 pontos possíveis, foram conquistados apenas 15, o que significa um aproveitamento de 35,7%.

Para o próximo domingo, a torcida palmeirense e o próprio Cuca estão esperando resultados como os que o treinador fez pelo Galo, onde ganhou três de cinco jogos disputados. Caso repita o feito, o Palmeiras chegará às finais do Campeonato Paulista de 2016.

VAVEL Logo