Após milagre do Palmeiras, Vanderlei brilha nos pênaltis e Santos avança à final
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Neste domingo (24), o Palmeiras foi até Santos para decidir com o rival quem disputaria o troféu do Campeonato Paulista com o Audax-SP.

Após um dos jogos mais emocionantes da história desses dois clubes, o Peixe conseguiu triunfar contra o Palmeiras nos pênaltis, mesmo Fernando Prass deixando a equipe alviverde na frente defendendo a primeira cobrança, Lucas Barrios, Rafael Marques e o próprio goleiro erraram suas cobranças e deram a vitória aos santistas.

Agora o Peixe irá disputar a final com o Audax-SP nos dias 01 e 08 de maio, ambos caem em um domingo, horário ainda em definição.

Primeira etapa de domínio santista 

O primeiro tempo começou como o tocedor santista já está acostumado, domínio total da equipe alvinegra. A primeira oportunidade veio em cobrança de falta pela direita, Lucas Lima aos 9 minutos bateu rasteiro, a bola passou por todo mundo e explodiu no peito de Fernando Prass. Depois disso, aos 12 minutos, o atacante Gabigol conseguiu passar entre dois defensores do Palmeiras e entrar na área, mas finalizou a esquerda do gol de Prass. 

A etapa incial foi inteiro jogado dessa forma, o Santos pressionava mas não conseguia uma boa finalização e o Palmeiras se segurava da maneira que conseguia. Até tentava uma chance ou outra,como aos 34 minutos, com Roger Guedes, que depois de boa jogada cortou pra dentro e chutou para bo defesa de Vanderlei.

Porém o óbvio aconteceu aos 39 minutos, Lucas Lima teve caminho livre no meio campo, avançou e vê o camisa 10 Gabigol se movimentando, manda um passe lindo entre a zaga do verdão. Antes de finalizar o atacante ainda cortou dois defensores do Palmeiras e bateu na saída de Prass, golaço!

Segundo tempo e o milagre parcial 

Na segunda etapa, o Palmeiras controlou mais a posse de bola e tentava furar a defesa santista, mas o time da casa estava se postando muito bem em campo. A primeira boa chance da segunda etapa veio dos pés de Gabriel Jesus, que após interceptar passe de David Braz saiu livre na cara de Vanderlei, porém finalizou mal e perdeu a chance de empatar o jogo.

E como todo bom torcedor sabe, quem não faz... Aos 28 minutos Zeca fez linda jogada pela esquerda deixando Gabriel no chão, rolou para Gabigol pegar de primeira e mandar a bola pro fundo das redes. Após o gol todos já davam a classificação do Santos como certa, porém um jogador ainda não tinha desistido: Rafael Marques. Aos 41 minutos, Cleiton Xavier lançou para Lucas Barrios, que dominou no peito e manda de chapa para Rafael ganhar na disputa com os zagueiros e tocar na saída de Vanderlei, diminuindo para o Verdão.

Após o gol, o inacreditável aconteceu: logo um minutos depois, aos 42 do segundo tempo,  Cleiton Xavier cruzou na área e o mesmo Rafael Marques desviou de cabeça e empatou o jogo pro Verdão. Novamente o destino de Santos e Palmeiras se encontravam nos pênaltis. 

Penalidades e classificação santista

O clima da Vila Belmiro foi de total êxtase para total silêncio em apenas 2 minutos. Agora novamente nas penalidades, as duas equipes paulista disputavam a vaga na final da competição. Tensão para o Santos por deixar a vitória escapar, e para o Palmeiras por ter buscado o que parecia ser impossível.

Então, enfim, as penalidades começaram e tudo parecia que ia acabar bem para o verdão, já que Cleiton Xavier converteu a primeira cobrança e Fernando Prass defendeu a de Lucas Lima. E é aí que vemos como o futebol é engraçado amigos... o segundo a cobrar foi Lucas Barrios, que podia deixar o Palmeiras com duas cobranças de vantagem,  porém, como já de costume errou a cobrança, depois David Braz empatou novamente a série. 

Então chegamos na parte que nenhum torcedor entendeu, Rafael Marques que tinha feito os dois gols da partida, estava saindo como herói e nunca teve um bom retrospecto em penalidades foi escalado para a terceira cobrança... e como manda o gibi, parou novamente em Vanderlei. Santos concertou com Zeca e Vitor Ferraz, e na última cobrança, Fernando Prass chutou para fora. E foi assim que a equipe do Santos conquistou a vaga em sua oitava final consecutiva.

VAVEL Logo