Gallo aposta em manutenção da base titular do Náutico para somar primeira vitória
Elenco alvirrubro teve apenas um treinamento para primeira partida como mandante (Foto: Léo Lemos/Náutico)

Sem tempo para digerir a derrota sofrida para o Criciúma, na rodada inaugural da Série B do Campeonato Brasileiro, o Náutico já voltou aos treinamentos e, simultaneamente, encerrou os preparativos para o jogo diante do Vila Nova. Na tarde desta segunda-feira (16), no CT Wilson Campos, o elenco do Timbu realizou a única atividade antes da estreia como mandante na competição.

Com a regularização do lateral-esquerdo Mateus Müller, do volante Eurico - apresentado no momento antecedente à movimentação - e do meia Maylson, Gallo ganha três opções na equipe. O comandante alvirrubro opta por fazer mistério, sem confirmar quem irá a campo, mas indica que vai manter o time titular.

"Temos um grupo que não está uniforme no aspecto físico e não temos tempo de parar e trabalhar. A gente tem um esboço do time, claro, mas o departamento médico tem alguns detalhes com alguns atletas, que sentiram problemas na última partida. Espero que possamos jogar como jogamos até o momento que tomamos o gol (contra o Criciúma)", afirmou o técnico, que destaca a importância do grupo fazer o básico para sair vitorioso sob o apoio da torcida.

"Continuamos a buscar um sistema de jogo da maneira mais simples possível, de forma mais objetiva possível. Temos que ser práticos, fazer o básico e usar a Arena Pernambuco para tentar vencer. Estamos vivendo um momento transitório e estamos correndo atrás. Esperamos que próxima semana possamos equacionar esses problemas com esse curto espaço de treinos", completou o treinador.

Outros dois atletas integram o grupo e ainda não foram apresentados pela diretoria, pois não tiveram os nomes divulgados no BID da CBF. Formado na categoria de base do Internacional, o zagueiro Eduardo se junta ao atacante Taiberson, também ainda vinculado ao Colorado e devendo ser emprestado até o final do ano. O defensor estava no clube gaúcho no início da atual temporada, enquanto o centroavante defendeu as cores da Ponte Preta, porém sem sucesso.

Caso Alexandre Gallo não modifique momentos antes, o escrete da Rosa e Silva vai com: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Fabiano Eller e Henrique; Ygor, Rodrigo Souza, Esquerdinha, Caíque e Rony; Rafael Coelho.

VAVEL Logo