Buscando segunda vitória seguida para manter confiança, Corinthians visita Sport na Ilha

Duas equipes que precisam da vitória, embora não estejam em situações semelhantes. De um lado, o Sport tenta conseguir o primeiro triunfo para mlehorar sua situação na tabela de classificação. Do outro lado, o Corinthians busca o segundo resultado positivo de forma consecutiva para recuperar a confiança e defender o título nacional.

Diante desse cenário, Sport e Corinthians medem forças no Campeonato Brasileiro da Série A. O jogo, válido pela quarta rodada, será realizado às 11 da manhã deste domingo (29), na Ilha do Retiro, em Recife/PE. O Leão ocupa a última colocação, com apenas um ponto ganho. O Timão é o sexto, com quatro pontos.

Vitória para amenizar insatisfação e mudar ambiente

Assim como acontecia com seu adversário paulista até a última rodada, a equipe do Sport não vence um jogo há mais de um mês, com sua última vitória sendo diante do Salgueiro por 1 a 0, ainda no Campeonato Pernambucano. De lá para cá, o time acumula sete jogos sem triunfos, com cinco derrotas e apenas dois empates, a perda do título estadual e a eliminação na Copa do Brasil

A coleção de maus resultados tem causado protestos por parte da torcida, que tem como alvo principal de sua revolta o atacante Vinícius Araújo. O jogador tem sido responsabilizado pela falta de gols da equipe. Nos últimos cinco jogos do Sport, a bola só estufou a rede adversária em uma oportunidade, provocando a ira dos torcedres do Leão da Ilha.

O momento é ruim, mas o goleiro Magrão, com a sua experiência, procura passar tranquilidade. Porém, mesmo ciente de que a Série A está apenas no começo, o ídolo rubro-negro fez questão de ressaltar que não dá mais para adiar uma possível reação.

"Não podemos desistir. Temos que continuar trabalhando e se empenhando mais ainda. Estamos chateados pela situação, tristes, mas temos que levantar a cabeça para reverter essa situação. Sabemos que tem muito campeonato ainda pela frente, mas quanto mais adiar essa vitória, mais complicado vai ser recuperar. O Brasileiro é difícil recuperar, mesmo sendo longo. Já está na hora da gente vencer", declarou.

Aliviado, Corinthians busca sequência positiva de resultados

Alívio. Esta é a palavra que melhor define o clima no Corinthians desde a última quinta-feira, quando a equipe paulista bateu a Ponte Preta por 3 a 0 em Itaquera, após um mês sem conseguir vencer. Apesar de alguns pontos a serem resolvidos internamente, após uma reunião entre jogadores, comissão técnica e a maior torcida organizada do clube, que culminou num mal estar internamente, o importante no momento é: seguir conquistando bons resultados para espanta de vez a "crise" que rondava a relação do clube com sua torcida.

Durante o último treino do Corinthians, na manha deste sábado em Recife, o técnico Tite repetiu a escalação usada contra a Macaca, provavelmente a mesma que iniciará a partida contra o Sport, na manhã deste domingo (29), na Ilha do Retiro. Sabiamente, Tite pediu que a viagem da equipe fosse antecipada para sexta, após o treino em São Paulo, para que seus jogadores tivessem mais tempo para acostumar-se com o clima pernambucano, com um treino em horário aproximado ao do jogo de amanhã.

Mantendo esta escalção, Tite manterá o esquema 4-2-3-1, com Bruno Henrique tendo mais liberdade para chegar ao ataque. Diante da Ponte, por exemplo, o volante apareceu na entrada da área e marcou o segundo gol da equipe. Já o atacante Luciano permanecerá na vaga de André.

Após boa atuação ante a Ponte Preta, coroada com um golaço, Guilherme concedeu entrevista coletiva e mostrou foco na busca por atuações convincentes e que ajudem o Corinthians na conquista de resultados positivos. "Claro que não posso garantir 38 jogos maravilhosos, mas almejo mais gols e dar mais passes nessa função. Criei bastante contra o Vitória e agora fiz um gol contra a Ponte. Sou um sonhador, fico trabalhando e pensando em cada vez mais gols", afirmou o camisa 10 do Timão.

VAVEL Logo