Muito mais que 90 minutos

Desde que me entendo por gente, respiro futebol, me lembro como se fosse ontem, ainda criança, entrando com os jogadores do Atlético em campo no Mineirão, vendo a massa atleticana gritando e pulando ao ponto de tremer as estruturas do estádio, apoiando o time independente da circunstancias, facilmente me fascinei e rapidamente comecei a viver aquilo tudo, impossível não se envolver.

Hoje, infelizmente, não estou escrevendo esse texto com alegria, certamente esse é o momento mais difícil da história do futebol brasileiro, quiçá mundial. No dia 29/11 ao acordar meu pai me deu a seguinte noticia: “O avião da chapecoense caiu.” Eu não acreditei, como assim caiu? Eu lia as notícias na internet, ouvia pela televisão e continuava sem entender, o time da Chapecoense é contagiante, um pequeno gigante, que aos poucos foi tomando seu espaço no futebol brasileiro.

 Sim, a ficha caiu e a noticia infelizmente era verdadeira, hoje os guerreiros da Chape não estão mais entre nós, mas sempre serão lembrados, por toda a entrega dentro de campo, por cada gota de suor buscando o objetivo maior: a taça, e conseguiram amigos, serão lembrados não só como campeões, mas como heróis, não só em Chapecó, não só em Santa Catarina, não Só no Brasil, não só na América, mas no mundo, fiquem tranquilos heróis, essa equipe será sempre lembrada por não cansar de subir, e chegar até a eternidade. 

Uma foto em especial me marcou muito nesse momento, do ex-goleiro Danilo no campo com seu filho Lorenzo, brincando e ensinando a ele desde cedo o quão mágico é o futebol, que ultrapassa muito além das 4 linhas. Lorenzo, fique tranquilo, na arquibancada do céu, seu pai está torcendo igual um louco por seu sucesso nesse grande jogo que é a vida, nunca desista dos seus sonhos, tenho certeza que o exemplo do seu pai será seguido e outro pequeno gigante está por crescer, assim como o time de Chapecó.

Tudo que está acontecendo depois do acidente, mostra que o futebol está longe de ser um simples esporte, aos vizinhos colombianos do Atlético Nacional, time que disputaria a final contra os heróis de Chapecó, meus parabéns, não pelo futebol que estão apresentando nos últimos anos, mas a grande solidariedade para com o povo brasileiro. Fiquei muito surpreso, ao ver ontem pela televisão o palco de onde seria a grande final, lotada por pessoas com o objetivo de transmitir boas energias a todos que estão sofrendo pela tragédia, como se não bastasse lotar o estádio, as redondezas do mesmo estavam também muito cheias, grande gesto! Que o mundo inteiro possa ver essa comoção de um povo para o outro e aprender de uma vez por todas que não só no futebol, mas em tudo na vida esse deve ser o espirito adotado, ajudando o próximo sempre que necessário.

Se tiver um lado bonito em tudo isso que está acontecendo, é a união de todos os times brasileiros, por que não é assim sempre? Atleticanos e cruzeirenses, colorados e gremistas, corintianos e palmeirenses, flamenguistas e vascaínos, todos juntos, sem briga de torcida, sem declarações ofensivas de um para o outro, parece até um sonho, tristemente, uma tragédia teve que acontecer para todos esses times se unirem e pararem com baixarias pelo menos em um instante, essa situação irreal está apenas comprovando que é possível uma paz entre as torcidas, basta querer. Que saudade do Mineirão dividido, metade azul e metade alvinegro, com toda essa união, consigo imaginar novamente o maior palco do esporte mineiro dividido novamente, afinal, sonhar não custa nada e o momento está mostrando que é possível!

Aos colegas de comunicação que se foram, muito obrigado, cada um dava o máximo de si para levar a informação ao torcedor, hoje me inspiro em vocês para seguir essa grande profissão, que é comunicar. Vocês se foram, junto com os heróis, e espero um dia, podermos bater um papo na eternidade sobre o quão bom era esse time.

Associação Chapecoense de Futebol, querida Chape, você se tornou o segundo time de uma nação, saiba que onde estiver jogando, no céu ou na terra, vou estar torcendo por ti, vamos chape, não desista, o momento é muito duro, mas você está cercada de gigantes que não vão deixar essa equipe cair, novos heróis estão por vir para continuar escrevendo essa linda história escrita por grandes homens, obrigado por tudo Chapecoense. 

VAVEL Logo