Quartas de final da Série A-2 de PE são marcadas por homenagens à Chapecoense
Minuto de silêncio antes da partida entre Centro Limoeirense e Afogados da Ingazeira, no Estádio José Vareda (Foto: Luís Francisco Prates/VAVEL Brasil)

Quartas de final da Série A-2 de PE são marcadas por homenagens à Chapecoense

Nas três partidas deste domingo (4), houve um minuto de silêncio em memória às vítimas da tragédia aérea que aconteceu na Colômbia e deixou o planeta enlutado. Classificado desde o fim de novembro, Timbaúba aguarda adversário

luisfranciscoprates
Luís Francisco Prates

Depois de um imbróglio judicial que deixou seis equipes inativas por mais de um mês e resultou na perda de seis pontos por parte de Centro LimoeirenseFerroviário do Cabo, o Campeonato Pernambucano Série A-2 2016 retornou neste domingo (4), com três duelos das quartas de final.

No final de novembro, o Timbaúba despachou o Barreiros com vitória de 7 a 3 no placar agregado: venceu a ida no Ferreira Lima por 6 a 2, no dia 15, e empatou a segunda partida, no Luiz Brito, no dia 20, em 1 a 1. Desde então, o Morcego aguarda Afogados da Ingazeira ou Centro Limoeirense.

Centro Limoeirense 0 x 0 Afogados da Ingazeira

O Dragão e a Coruja fizeram um jogo bastante movimentado no Estádio José Vareda, mas não saíram do zero. Os grandes responsáveis pelo resultado foram os goleiros Juca, do time da casa, e Evandrízio, da equipe visitante.

Agora, só uma vitória no Vianão interessa ao Afogados. Já o Centro precisa de, no mínimo, um empate com gols para se classificar, tendo em vista que gols marcados fora de casa são o critério de desempate em caso de igualdade no placar agregado. Um novo empate sem gols leva o duelo à disputa de pênaltis.

Íbis 0 x 0 Flamengo de Arcoverde

A contagem no marcador também não foi alterada no Ademir Cunha, onde Íbis e Flamengo de Arcoverde mediram forças.

Beneficiado pela perda de pontos do Ferroviário, o Pássaro Preto, que, curiosamente, ainda não venceu nesta Série A-2, pode seguir na competição mesmo que mantenha a marca negativa. Basta empatar, desde que marque gol no Áureo Bradley. O Tigre do Sertão se classifica apenas com vitória. Em caso de um novo 0 a 0, haverá desempate através de penalidades máximas.

Cabense 1 x 0 Vera Cruz

A segunda divisão pernambucana registrou apenas um gol neste domingo. Ele veio dos pés de Filipinho, da Cabense, contra o Vera Cruz.

Com a vitória pelo placar mínimo no Gileno de Carli, o Azulão está a um empate da classificação. Pode, também, perder por um gol de diferença, desde que balance as redes.

O Galo das Tabocas, por sua vez, precisa de uma vitória por dois ou mais gols de diferença no Carneirão para chegar à reviravolta na eliminatória. Se o Vera devolver o revés por 1 a 0, a vaga na semifinal será decidida nos pênaltis. Quem avançar terá pela frente o vencedor de Flamengo de Arcoverde x Íbis.

Todos os jogos de volta serão na próxima quarta-feira (7).

"Força, Chape"

Íbis estampou o escudo da Chapecoense em seu uniforme (Foto: Divulgação/Íbis)

A queda do avião que levava a delegação da Chapecoense, além de dirigentes e jornalistas, à decisão da Copa Sul-Americana 2016, contra o Atlético Nacional, foi lembrada nos jogos de ida das quartas de final da A-2. Houve um minuto de silêncio nas três partidas de hoje.

A princípio, os embates estavam marcados para a quarta-feira passada, dia 30 de novembro. No entanto, foram adiados para este domingo devido à tragédia que deixou um triste balanço de 71 mortos em território colombiano - seis pessoas sobreviveram.

Equipe do Centro Limoeirense entrou em campo com bandeira da Chapecoense (Foto: Luís Francisco Prates/VAVEL Brasil)
Minuto de silêncio em homenagem às vítimas da tragédia de Medellín em Cabense x Vera Cruz, no Estádio Gileno de Carli (Foto: Carlos Ferraz/Especial à VAVEL Brasil)
Minuto de silêncio no Estádio Ademir Cunha, em Íbis x Flamengo de Arcoverde (Foto: Divulgação/Íbis)
VAVEL Logo