Com apoio da torcida, Fluminense consegue virada heroica sobre Bauru na Superliga

Com o apoio da torcida, o Fluminense conseguiu uma emocionante virada pela Superliga feminina de vôlei. Nesta quinta-feira, o time carioca venceu o Genter Vôlei Bauru por 3 sets a 2 (20/25, 25/21, 16/25, 27/25 e 15/12), em 2h24 de jogo, no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ). A partida foi válida pela quinta rodada do returno da competição. O resultado diminuiu a diferença entre as equipes na tabela de classificação. O Tricolor aparece na sétima colocação, com 24 pontos (oito vitórias e oito derrotas). As paulistas estão na quinta posição, com 28 pontos. 

A ponteira Sassá que virou bolas importantes no quarto set quando o time carioca perdia a parcial por 24/22, foi eleita a melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei. Ao final do jogo, a atacante comentou sobre a virada das cariocas no confronto contra o time bauruense. 

"Em momentos difíceis como o de hoje mostramos que temos condições de crescer e jogar em um nível melhor. A equipe está de parabéns por ter mantido a frieza de acreditar o tempo todo no quarto set, mesmo quando estávamos atrás no placar. A Superliga é muito equilibrada e não tem jogo fácil. Todas temos que estar 100% para que viradas como essa possam acontecer em todos os jogos", disse Sassá.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima terça-feira. O Fluminense duelará com o Vôlei Nestlé, às 19h30, no José Liberatti, em Osasco (SP). Já o Genter Vôlei Bauru buscará a reabilitação contra o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), no mesmo horário, no Lauro Gomes, em São Caetano (SP). 

O JOGO

A oposta Renatinha fez o primeiro ponto da partida. O set começou equilibrado. Se aproveitando dos erros do time da casa, o Genter Vôlei Bauru abriu dois pontos (14/12). Quando as visitantes fizeram 17/14, o treinador Hylmer pediu tempo. Bem no ataque, a equipe de Bauru segurou a vantagem e venceu o primeiro set por 25/20. 

O Fluminense voltou melhor para o segundo set e fez 6/4. O Genter Vôlei Bauru cresceu de produção e empatou (8/8). Bem no bloqueio e no saque, as cariocas abriram quatro pontos (14/10). O bloqueio das donas da casa seguiu determinante e a diferença no placar subiu para sete pontos (22/15). O time carioca segurou a vantagem e venceu a segunda parcial por 25/21. 

O Genter Vôlei Bauru começou melhor no terceiro set e fez 5/2. Com um ponto de saque da levantadora Juma, o time de Bauru abriu dois pontos (8/6). Quando as visitantes fizeram 12/9, o treinador Hylmer pediu tempo. O saque e o volume de jogo do Genter Vôlei Bauru incomodavam a equipe carioca e o time bauruense fez 22/15. O Genter Vôlei Bauru dominou o set até o final e venceu a terceira parcial por 25/16. 

O quarto set começou equilibrado. Numa boa sequência de saques da central Letícia Hage, o time carioca abriu três pontos (7/4). Neste momento, o treinador Marcos Kwiek pediu tempo. A paralisação fez bem as visitantes que viraram o marcador (8/7). O set ficou equilibrado. Bem nos contra-ataques, as cariocas viraram o marcador (13/12). As equipes se alternavam na liderança do marcador. A ponteira Thaisinha cresceu de produção e o time bauruense abriu dois pontos (17/15). O Fluminense conseguiu uma grande reação no final da parcial e venceu o quarto set por 27/25. 

O quinto set começou equilibrado. Bem no bloqueio, as cariocas fizeram 5/3. O time bauruense equilibrou as ações, mas o Fluminense foi melhor na parte final do tie-break e fechou o set por 15/12 e o jogo por 3 sets qa 2. 

VAVEL Logo