Com gols no segundo tempo, URT e Cruzeiro ficam no empate pelo Campeonato Mineiro
Foto: Jhereh Patos/Light Press

URT e Cruzeiro abriram oficialmente a 4ª rodada do Campeonato Mineiro, na tarde deste sábado (18), no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas/MG. O  duelo terminou empatado em 1 a 1, com gols de Gabriel Ceará, para os mandantes, enquanto Ramón Ábila marcou em favor da Raposa. Ambos os tentos foram marcados na segunda etapa.

O resultado mantém a URT no G-4, na 3ª colocação, com oito pontos. O azulão voltará a campo no próximo sábado (25), contra o Tupi, às 16h, no Estádio Municipal de Juiz de Fora. O Cruzeiro, por sua vez, assumiu a liderança com dez pontos. Poderá até sair da ponta da tabela, caso o Atlético-MG vença o América-MG, neste domingo (19). A Raposa dá um tempo no Estadual e pensa agora na Copa do Brasil, pois na quarta-feira (22) enfrenta o São Francisco-PA, às 21h45, no Mineirão, pela segunda fase da competição nacional.

Poucos lances de perigo e muitos cartões marcam primeiro tempo

Considerada a melhor equipe do interior, a URT demonstrou seu poder de marcação logo nos primeiros minutos de partida. A agremiação de Patos de Minas apostava nos ataques de Edmar para criar jogadas com perigo. O Cruzeiro passava dificuldade naquele momento.

Aos 18 minutos, Ábila recebeu de Alex na área e, ao tentar passar pelo zagueiro Rodolfo, pediu pênalti, alegando que a bola teria tocado no braço do defensor. No entanto, a arbitragem mandou o jogo seguir. Mas a URT respondeu aos 24, quando Marques cabeceou para a defesa de Rafael.

Cinco minutos depois, o zagueiro Caicedo escorregou e quase viu Carlinhos ficar cara a cara com Rafael. Quase, uma vez que o defensor teve que fazer a falta no atacante. Em seguida, o equatoriano recebeu cartão amarelo. Aos 32, Rafinha cobrou escanteio da direita e Alex cabeceou para fora, assustando a defesa da URT.

Já aos 38 minutos, Alisson entrou espaço na intermediária e arriscou o chute, passando rente à trave do goleiro Juninho. No lance anterior, a Raposa já havia assustado quando Fabrício cruzou rasteiro visando Ábila, que por pouco não alcançou a bola para mandar rumo ao gol.

Cruzeiro abre o placar, mas URT empata e pressiona por virada

Mano Menezes começou a segunda etapa fazendo uma única alteração no Cruzeiro: saiu Alex para a entrada de Rafael Sóbis. O meio-campo foi criticado pela torcida, sobretudo no primeiro tempo, quando pediram a entrada de Arrascaeta. A alteração quase surtiu efeito aos 12 minutos, quando Sóbis cobrou falta e Juninho executou excelente defesa.

O goleiro da URT estava em ótima tarde. Dois minutos depois, Juninho salvou o Azulão em duas oportunidades: uma com Rafael Sóbis e outra com Alisson. Mas, aos 16 minutos, Rafinha acabou derrubado por Luan dentro da área. Pênalti que Ramón Ábila cobrou e converteu, deslocando o arqueiro mandante e abrindo o placar para o Cruzeiro.

A alegria celeste durou pouco. Aos 23 minutos, Gabriel Ceará, que entrou na segunda etapa, invadiu a área e bateu forte, sem chances para o goleiro Rafael. A virada do Azulão quase veio aos 32, quando Caicedo falhou e Carlinhos arrematou. A bola, no entanto, passou raspando o travessão da Raposa.

Desta forma, URT e Cruzeiro ficaram no empate. As equipes seguem invictas no Campeonato Mineiro, mas a Raposa acabou dando adeus aos 100% de aproveitamento na temporada.

VAVEL Logo