Mano reclama de "dez minutos de omissão" do Cruzeiro após empate e lamenta desgaste de meias
Mano lamenta falta de qualidade na criação das jogadas da Raposa diante da URT (Foto: Jhereh Patos/Light Press)

O Cruzeiro perdeu os 100% de aproveitamento na temporada ao empatar com a URT, neste sábado (18), por 1 a 1, pela 4ª rodada do Campeonato Mineiro. Apesar de considerar o resultado justo, o técnico Mano Menezes não escondeu a decepção pelo baixo desempenho de seus atletas em campo e cobrou personalidade da equipe.

"A bola não estava chegando, e era difícil de levar do jeito que e a gente tem a característica de levar. Fizemos o gol de pênalti. Aí, na minha opinião, cometemos a falha de omitir de jogar por 10 minutos do jogo. Ficamos dando chutão. O adversário pegou a bola, num lance bem trabalhado, teve méritos e empatou. Foi justo pelo que apresentaram. Nosso time não pode dar chutão, não podemos deixar de jogar, temos que ter personalidade", disse Mano.

O treinador evitou enumerar as razões do baixo desempenho do time, mas detectou falta de qualidade na criação das jogadas. O meia Alex, por exemplo, não rendeu o esperado e foi substituído no intervalo. Mano não pôde contar com Robinho e Arrascaeta, que sofreram desgaste muscular diante do Volta Redonda, no meio de semana.

"Depois do jogo, a gente tem umas 10 teorias sobre o jogo, principalmente quando não funciona. Faltou qualidade na criação de jogada, tem que ter por onde construir as jogadas e definir. Tivemos poucas oportunidades para definir. Isso logicamente aponta para um desempenho não tão bom quantos os outros. Mas e eu optei pro essa formação eu tive muitos motivos para fazê-lo. Tivemos Robinho e Arrascaeta fora. No aquecimento, o Arrascaeta disse que não tinha condição, iniciou tratamento no intervalo, nem voltou na segunda parte. O desgaste vem, faz parte, às vezes você não joga tão bem o campeonato inteiro", declarou o técnico.

Apesar do susto durante o trabalho de aquecimento, o meio-campo Arrascaeta tranquilizou a torcida após a partida e revelou que nenhuma lesão foi constatada no exame de imagem. O uruguaio espera estar em campo diante do São Francisco-PA, na quarta-feira (22), às 21h45, no Mineirão, pela segunda fase da Copa do Brasil. No entanto, a tendência é que o camisa 10 seja poupado.

"Foi uma carga física pelo desgaste que tivemos no jogo contra o Volta Redonda. Meu plano era vir para o jogo, mas no intervalo falei com o treinador que não me sentia totalmente bem, ainda estava um pouco carregado. Agora é seguir trabalhando na recuperação para ficar bem para quarta-feira. O exame não deu nada, graças a Deus", disse Arrascaeta em entrevista à Rádio Itatiaia.

Arrascaeta poderá ficar de fora do duelo contra o São Francisco-PA, pela Copa do Brasil (Foto: Rudy Trindade/Light Press)
Arrascaeta poderá ficar de fora do duelo contra o São Francisco-PA, pela Copa do Brasil (Foto: Rudy Trindade/Light Press)
VAVEL Logo