Após treino, Zé Ricardo fala sobre gramado do Maracanã: "Não está 100%"
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo estreia amanhã (08) pela CONMEBOL Libertadores Bridgestone, contra o time argentino chamado San Lorenzo. A equipe ainda não fez um jogo oficial no ano de 2017, e o técnico falou sobre o assunto: "É ruim não jogar partidas oficiais. Eles tiveram um torneio de verão, amistosos, mas não é a mesma coisa. Porém, o time é bastante experiente, possuindo jogadores acostumados com Libertadores. Se tem algum tipo de dificuldade, isso passa depois dos primeiros minutos. Importante focar nossa performance. Com a torcida da ajuda amanhã, temos tudo para fazer um grande jogo."

Apesar do jogo marcante de domingo, Zé Ricardo afirma que conta com a postura diferenciada dos jogadores e diz que contará com o mesmo time: "Na verdade, temos algumas avaliações para fazer ainda, mas não devo ter grandes mudanças, até porque o que aconteceu na última partida ficou para trás. Os atletas são experientes para nesses dois dias perceberem onde podemos melhorar, o que precisamos fazer para uma grande atuação."

Confira outros trechos da coletiva de Zé Ricardo:

- Fator Maracanã e sua importância:

"100% o gramado não está, nem poderia. Pelo o que viram há 20 dias, está em boas condições para a prática do jogo. Esperamos que isso não decida qualidade ou não da partida. É a casa do Flamengo. Onde nos sentimos bem, onde a maioria das vezes está lotado, onde a torcida vem, tem conforto. Tem de ser espetáculo da melhor maneira possível. E nada melhor do que começar a Libertadores aqui. Não vai ser um jogo fácil. É uma equipe experiente que vai querer cozinhar a partida e levar para um pseudo desespero nosso. Precisamos ter equilíbrio e concentração para nos aproximarmos."

Primeira Libertadores do Flamengo em seu comando:

"Acredito que estamos começando uma nova história. O que passamos para eles é a dificuldade da competição. Mesmo saindo num grupo muito difícil, temos de ter equilíbrio, fazer o nosso resultado, nos impor e sermos inteligentes."

- Foco da equipe para o novo campeonato:

"Estão todos 100% focados na partida e na competição. Não é uma competição fácil. Vai ter uma dose de sacrifício muito grande. Temos de pensar, a princípio, em passar de fase. Temos de aprender a sofrer na competição. Temos de buscar nossos pontos. Vamos buscar intensamente."

- Utilização dos gringos: 

"A necessidade vai fazer essa escolha, não vai ser por nacionalidade. Vou ver o que monto de estratégia, o que preciso para o jogo. É importante tê-los na equipe. Todos são jogadores de alto nível. Em algum momento, a dificuldade de algum lance, discussão, apreensão, ter um jogador que entende melhor o árbitro é importante. Mas o critério é técnico."

VAVEL Logo