Com Manoel e Henrique poupados, Cruzeiro recebe Murici por avanço na Copa do Brasil
Foto: Editoria de Artes/VAVEL Brasil

Depois de ver o Grêmio se tornar o maior campeão da Copa do Brasil com a conquista do ano passado, o Cruzeiro iniciou sua caminhada na competição nacional já pensando em voltar a dividir o posto com o tricolor gaúcho. Mas para continuar em busca do seu quinto título, a Raposa precisa garantir vaga na próxima etapa, e, para isso, passar pelo Murici, time alagoano.

As equipes fazem o jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio Mineirão. O duelo de ida terminou com vitória do time celeste por 2 a 0, que pode até perder por um gol de diferença que ainda avança para a quarta fase. Em caso de novo placar por 2 a 0, mas conquistado pelos alagoanos, a classificação se define com disputa de pênaltis. Dois ou mais gols de diferença em uma eventual vitória do Murici colocam a equipe na próxima fase.

Sem alguns jogadores, poupados, Mano relaciona grupo para o confronto

Dentre a lista de relacionados da Raposa para o jogo em casa, as faltas mais notadas são do volante Henrique e do zagueiro Manoel. Mas esses cortes se deram simplesmente por opção do técnico Mano Menezes, que decidiu poupar os atletas, já que a equipe tem vivido uma maratona de partidas. O comandante celeste pode mexer ainda mais na equipe.

O substituto de Manoel vai ser Caicedo, que foi convocado para servir a Seleção Equatoriana nas duas próximas rodadas das eliminatórias para a Copa de 2018. Para o lugar de Henrique, Hudson é o mais provável, e por isso vai formar dupla com Ariel Cabral. O volante Lucas Romero ainda não é uma opção apta a jogar, pois se recupera da retirada de um dente siso.

A vantagem do Cruzeiro na primeira partida não acomoda os jogadores celestes. Pelo menos isso é o que afirma o lateral-direito Ezequiel, que defendeu respeito à modesta equipe alagoana. "A gente tem que encarar como uma decisão. Vale passar de fase, que é muito importante para os nossos objetivos. Precisamos encarar como se não tivesse nenhuma vantagem. Depois a gente vê. Mas é certo que vamos encarar como uma decisão", disse.

Por resgate histórico, o Cruzeiro tem um ingrediente ao qual se apegar. Nas 14 vezes em que a Raposa venceu o primeiro jogo pela fase mata-mata da Copa do Brasil (nos casos de exigência da segunda partida), conseguiu a classificação. Um outro fator, no entanto, deu o que falar antes do jogo de ida e não deve ser problema para o confronto desta noite: o gramado.

Enquanto precário no estádio José Gomes da Costa, em Alagoas, o que preenche o tapete do Mineirão tem boas condições, em um dos pisos mais bem cuidados do país. Mas o gramado do estádio alagoano não impediu o triunfo do time de Arrascaeta, que relembrou o dever bem cumprido fora de casa.

"O campo lá não era muito normal, como os outros em que vínhamos jogando. O time se apresentou, fez o trabalho, o gol, então, agora, temos que seguir nosso caminho e fazer um bom jogo, tentar dar continuidade e intensidade ao jogo. Ainda faltam 90 minutos, sabemos que temos a vantagem, mas ainda não ganhamos nada", comentou.

Confira a lista de relacionados do Cruzeiro

Goleiros: Lucas França e Rafael
Laterais: Diogo Barbosa, Ezequiel, Fabrício e Mayke
Zagueiros: Kunty Caicedo, Léo e Murilo
Volantes: Ariel Cabral, Hudson e Lucas Silva
Meio-campistas: De Arrascaeta, Elber, Lucas Ventura, Marcos Vinícius, Rafinha, Robinho e Thiago Neves
Atacantes: Alisson, Raniel, Rafael Sóbis e Ramón Ábila

Jogando no Mineirão, Murici quer continuar fazendo história

Depois de largar com derrota na briga por um acesso inédito na quarta fase da Copa do Brasil, o Murici viajou para Belo Horizonte com a esperança na bagagem. O treinador da equipe, Roberval Davino, manteve a escalação em sigilo, inclusive fechando treinos.

O time alagoano deixou para trás o Juventude e o América-MG, na primeira e na segunda fase, respectivamente. Contra o time gaúcho, aplicou uma vitória pelo placar de 3 a 1, e derrotou os mineiros nos pênaltis por 5 a 4, depois que o tempo regulamentar terminou empatado em 0 a 0.

A zaga do Murici vai ganhar uma peça para esta noite. Sinval, que cumpriu suspensão no jogo de ida por ter sido expulso na partida contra o Coelho, pela segunda da Copa do Brasil, volta aos planos de Roberval.

O Murici, além de estar disputando a Copa do Brasil, também está jogando o Campeonato Alagoano. No regional, a equipe é a quarta colocada de um dos dois grupos, com apenas uma vitória em oito jogos. Se os times fossem dispostos em um quadro geral do Estadual, o Murici só estaria em oitavo lugar dentre dez times.

Confira a lista de relacionados do Murici

Goleiros: Dias e Léo Murici
Laterais: Paulo Sergio e Talisson
Zagueiros: Cláudio, Sinval, Edson Veneno e Wesley
Volantes: Rambo, Gueba, Sorin e Júnior Murici 
Meias: Paulo Victor, Patrick, Riquinho e Deizinho
Atacantes: Alexandre, Katê, Alexsandro e Tarcísio

Foto: Reprodução/Facebook
VAVEL Logo