Vinícius Eutrópio exalta desempenho do Santa Cruz após vaga garantida no Nordestão
(Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz)

O Santa Cruz conseguiu a classificação às quartas de final da Copa do Nordeste ao vencer o Campinense no Arruda por 1 a 0. Com o resultado obtido na noite desta quarta-feira (22), o Tricolor terminou a fase de grupos na liderança do grupo A. Apesar do triunfo obtido diante de sua torcida, as críticas foram muitas por causa da atuação bastante defensiva, principalmente após sair na frente do marcador, aos 30 minutos do primeiro tempo.

Em entrevista coletiva concedida após o fim do jogo, o técnico Vinícius Eutrópio preferiu elogiar o desempenho dos atletas e afirmou que o máximo é tirado para que o time jogue o seu melhor e consiga os resultados positivos.

"Buscamos a vitória a todo momento e fizemos um primeiro tempo muito bom, com os jogadores fazendo uma marcação no campo todo. Foi um primeiro tempo incontestável. No segundo, era natural baixar. É um time em formação e é o primeiro teste deles. Não é um time que todo mundo jogou 100 vezes. O time só deixa de ser um time em formação com um ou dois anos, e aqui não vamos chegar. Os resultados são surpreendentes. Estamos tirando o máximo dos jogadores", explicou o treinador.

Vinícius Eutrópio também observou um pouco à frente. Neste fim de semana, o Santa Cruz encara o Sport pelo Campeonato Pernambucano. Pela preservação do elenco, possivelmente o time titular será escalado na próxima rodada do estadual. 

"Provavelmente vai ser usado o time titular. A gente vai alternar muitos jogadores. É um clássico com a sua importância, mas vamos focar no que o momento diz que é mais importante para a gente", afirmou.

Quem também comentou sobre o jogo diante do Campinense foi o zagueiro Anderson Salles. Autor do gol da vitória, além de ter sido o autor de lances importantes a favor e o salvador em lances de perigo contra a equipe pernambucana, o defensor comentou sobre seu desempenho na noite desta quarta-feira.

"Eu acho que não tenho a titularidade assegurada. Tem que trabalhar no dia a dia. Acho que ninguém tem cadeira cativa no time, o Vinícius Eutrópio ressalta bastante isso. Quem entra tentando ajudar vai bem e estou procurando meu espaço, estou fazendo o meu melhor dentro de campo e procurando espaço. A gente já vinha defendendo bastante e foi um lance que o centroavante deles brigava todas as vezes no alto. Ele acabou brigando com o Bruno e a bola sobrou. O Júlio saiu do gol, tirou a bola e pegou no joelho dele. No primeiro instante até achei que ia para fora, aí estava já acompanhando a bola, eu e o Bruno. Na hora que eu vi que estava entrando para o gol eu consegui dar o carrinho e salvar em cima da linha", explicou Anderson Salles.

VAVEL Logo