Náutico empata com Belo Jardim e adia classificação às semifinais do Pernambucano
(Foto: Divulgação/Náutico)

O Náutico tinha a oportunidade de manter a boa sequência de resultados depois da goleada sobre o Uniclinic e poderia vencer um adversário em ruim situação no Campeonato Pernambucano para garantir a classificação antecipada às semifinais do torneio estadual. Mas o Timbu vacilou e não somou importantes três pontos. Em jogo realizado na tarde deste sábado (25), a equipe alvirrubra empatou com o Belo Jardim em 1 a 1. Manoel abriu o placar para os mandantes, enquanto os visitantes empataram com Bruno Sacomani. O duelo foi realizado na Arena de Pernambuco, válido pela oitava rodada do Hexagonal do Título.

Com o resultado, o time de Rosa e Silva fica na quarta colocação, com 12 pontos ganhos, e ainda pode se classificar às semifinais nesta rodada, desde que o Central não vença o líder Salgueiro neste domingo (26). Por outro lado, o Calango do Agreste não tem mais chances de avançar e cumpre tabela nos dois próximos duelos restantes.

A próxima rodada acontece apenas no dia 05 de abril, por causa das quartas de final da Copa do Nordeste. Na penúltima rodada do hexagonal, o Náutico mede forças contra o Central na Arena de Pernambuco, enquanto o Belo Jardim encara o Santa Cruz, em local ainda indefinido.

Náutico ofensivo no primeiro tempo

Diante da diferença entre as duas equipes, além do fato de jogar em casa, o Náutico começou no ataque e buscou o gol desde o primeiro minuto. O Belo Jardim, mais cauteloso, procurou ver as brechas deixadas pelo oponente para avançar e levar perigo à meta adversária. A primeira real chance de perigo veio com os alvirrubros aos nove minutos. Giva recebeu a bola na área e tentou cabecear para o gol, mas a bola foi para fora.

O Belo Jardim procurava atacar de longe, uma vez que a marcação do Timbu era forte no meio de campo e impedia que o Calango chegasse com perigo. Por isso, o time do Agreste pernambucano procurava arriscar de longe, mas o goleiro Tiago Cardoso não foi acionado uma vez que as finalizações passavam muito longe da barra.

Na reta final do primeiro tempo, uma oportunidade para cada time. O Belo Jardim atacou primeiro. Bruno Sacomani avançou pela direita e chutou forte. Tiago Cardoso não segurou bem e deu rebote. Tony ficou com a sobra e o zagueiro Adalberto se esforçou por duas vezes para evitar que os visitantes abrissem o placar. Em seguida, veio a resposta alvirrubra. Em contra-ataque, Anselmo tocou para Giva. O atacante girou e devolveu para Anselmo, que bateu mal e desperdiçou excelente chance.

Mais perigoso, Belo Jardim busca empate

O segundo tempo começou com gol do Náutico. Aos dois minutos, Manoel avançou pela esquerda, cruzou na área e a bola entrou. Como o atacante Erick estava no lance, o árbitro principal ficou em dúvida e consultou o assistente. Um minuto depois, o gol foi confirmado para a festa do pouco público presente na Arena de Pernambuco.

Com o gol marcado, o Belo Jardim saiu um pouco mais do seu campo defensivo e deu espaço para os donos da casa aproveitarem contra-ataques, mas o problema era a imprecisão nas finalizações. Aos 23, os visitantes arriscaram. Adenílson fez boa jogada pelo lado direito do campo ofensivo, passou por Manoel e alçou a bola na área. Raniel cabeceou sozinho, mas falhou. Dois minutos depois, Rogerinho aproveita falha na saída de bola, entrou em velocidade na área e finalizou no lado de fora da rede.

O Náutico demorou a levar perigo. Aos 38 minutos, Cal cobrou falta com muito perigo e Andrei espalmou muito bem. Na sequência do lance, Erick fez boa jogada individual e cruzou para Anselmo. Sozinho, o atacante perdeu outra chance. E os lances perdidos custaram caro. Na jogada seguinte, Raniel fez boa jogada pela direita, recebeu dentro da área e tocou para Bruno Sacomani completar para o gol e empatar a partida. O Timbu tentou pressionar para conseguir a vitória, mas a estratégia do Belo Jardim em segurar um ótimo resultado, mesmo que não salvasse o time da eliminação, deu certo.

VAVEL Logo