Zé Ricardo minimiza erros de arbitragem, mas assegura: "Vimos que não foi pênalti"
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Expulsão, gol anulado, pênalti polêmico. O clássico protagonizado por Flamengo e Vasco neste domingo (26), no Mané Garrincha, em Brasília/DF, teve todos os ingredientes de uma partida de tirar o fôlego.

A vitória do Rubro-Negro parecia encaminhada, mas o jogo terminou empatado em 2 a 2. Já nos acréscimos, aos 46 minutos do segundo tempo, o árbitro Luis Antônio Silva dos Santos marcou pênalti para o Vasco. No lance, a bola tocou na barriga de Renê, mas o árbitro assinalou toque de mão do jogador rubro-negro.

Em entrevista coletiva, o técnico Zé Ricardo evitou fazer comentários sobre os erros da arbitragem, mas afirmou que de onde estava viu "nitidamente" a bola tocar no abdome de Renê. O comandante rubro-negro admitiu ter se sentido prejudicado.

“Prometi a mim mesmo quando comecei a carreira, que não comentaria sobre arbitragem. Algumas pessoas me falaram que eu passaria por momentos assim. Vimos que não foi pênalti, não precisava ninguém falar para mim. Nos sentimos um pouco prejudicados, lesados”, disse.

“É um clássico, parabenizo nossos atletas, foi um bom espetáculo. Mas, infelizmente, a vitória não veio. Vida que segue, agora é pensar no Volta Redonda na quarta-feira”, completou o treinador.

Zé Ricardo também comentou sobre Renê, um dos protagonistas do lance mais polêmico do jogo. “Ele estava muito chateado, a vitória estava praticamente garantida. O que aconteceu não muda nossa avaliação sobre o jogador, que é extremamente dedicado. Quando o Miguel [Trauco] voltar, a briga vai ser boa", afirmou.

Ao avaliar o desempenho de seus comandados diante do maior rival, Zé Ricardo reconheceu que a equipe não fez um bom primeiro tempo e lamentou não ter aproveitado as chances de ampliar o placar.

"Depois de um primeiro tempo que não nos vimos bem, conseguimos dar uma ajeitada na equipe e nos concentrar mais na nossa performance do que efetivamente na proposta que o Vasco tinha. Fizemos por merecer virar o placar, poderíamos até ter feito outros gols, mas faz parte do jogo", analisou Zé.

O Flamengo segue invicto no Carioca e entra em campo novamente na próxima quarta-feira (29), no estádio Raulino de Oliveira, às 21h45, para enfrentar o Volta Redonda.

VAVEL Logo