Elias desafia Cruzeiro após derrota: "Vamos ver no 11 contra 11 quem vai ser melhor"
Elias marcou o gol do Galo na derrota contra o Cruzeiro (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Mesmo pressionando em boa parte da partida, o Atlético-MG não conseguiu vencer o Cruzeiro. Em jogo movimentado, o Galo perdeu para os celestes, por 2 a 1, no Mineirão, e aumentou a sequência de insucessos perante o rival: sete jogos, com seis derrotas e um empate.

O volante Elias disputou o primeiro clássico com a camisa atleticana. No jogo ocorrido pela Copa da Primeira Liga, onde o Atlético perdeu por 1 a 0, o jogador havia sido contratado, porém não estava com contrato registrado na CBF. Sobre o resultado deste sábado (1º), o camisa 8 avaliou e elogiou a equipe alvinegra.

"Em nenhum momento faltou organização. Até porque a gente perdeu um jogador com 20 minutos já com o 1 a 0 no placar, e a gente estava comandando a partida. Eles procuraram jogar no contra-ataque até quando tinham um a mais. A gente não fugia da nossa característica de jogar bola, de tocar, de procurar o melhor posicionamento. Infelizmente, a pressão foi um pouco tarde. A equipe está de parabéns, porque se empenhou até o final", declarou.

"Vamos ver no 11 contra 11 quem vai ser melhor" - Elias, volante do Atlético-MG

O volante ainda aproveitou para ressaltar que haverão outros jogos para quebrar o tabu e fazer um tira-teima quando as duas equipes estiverem completas em campo.

"Esse é um clássico, a gente queria ganhar, porque nossa torcida não merece passar tanto tempo sem ganhar do rival. Mas a gente espera, porque tem outros jogos na frente. E vamos ver no 11 contra 11 quem vai ser melhor", finalizou

VAVEL Logo