Sport bate Joinville em jogo equilibrado e sai com vantagem na Copa do Brasil
Rithely foi o autor do primeiro gol rubro-negro (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

O Sport venceu o Joinville por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (12), pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil 2017, na Ilha do Retiro. Os gols rubro-negros foram marcados por Rithely e Juninho. Bruno Batata marcou para os catarinenses.

O resultado da partida deixa o Sport precisando de apenas um empate no jogo de volta, próxima quarta-feira (19) para avançar às oitavas de final. Já o Joinville precisa de uma vitória por 1 a 0 ou qualquer outro por dois gols de vantagem.

As equipes agora retornam as atenções aos Campeonatos Estaduais e entram em campo no domingo (15), às 16h. O Sport enfrenta o Náutico, na Ilha do Retiro, pela primeira partida das semifinais do Pernambucano. Já o Joinville duela contra a Chapecoense, na Arena Condá, pelo Catarinense.

Sport não apresenta um bom futebol, mas sai de campo com vantagem 

Enquanto o Joinville entrou em campo com cinco desfalques no time titular, o Sport efetuou apenas uma mudança. O zagueiro Matheus Ferraz entrou no lugar de Ronaldo Alves, que está lesionado. Mas os problemas da equipe não eram na defesa, e sim na criação.

O primeiro chute a gol veio apenas aos 16 minutos, com Fabrício isolando o rebote do escanteio. O que permitiu que o Sport mantivesse a superioridade, foram as limitações técnicas da equipe visitante. O panorama do jogo só mudou após as mudanças efetuadas no Leão.  

Em conversa com Ney Franco, Diego Souza começou a jogar mais próximo a área adversaria, com Everton Felipe mais recuado. E aos 24 minutos, o Sport abriu o placar com Rithely, de primeira, aproveitando uma bola ajeitada de cabeça pelo camisa 87.

Leão sofre empate mas conquista a virada com um golaço

As equipes voltaram a campo sem mudanças. Após demora na recomposição, o Joinville conseguiu o empate aos dois minutos de jogo, Bruno Batata chutou sem defesa para Magrão.

Após o gol, as dificuldades iniciais voltaram e foi necessário efetuar substituições para melhorar o conjunto. Saiu Everton Felipe e André dando lugar a Lenis e Juninho, respectivamente. Com isso, Diego Souza passou a atuar como centroavante, com Juninho na criação e Lenis e Rogério mais abertos.

Juninho foi o autor do gol da virada leonina (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Sem sucesso nas mudanças, Ney Franco ousou e colocou o atacante Leandro Pereira no lugar do lateral Samuel Xavier, recuando mais uma vez Diego Souza. Aos 38 minutos da segunda etapa, Rithely efetuou um belo lançamento para Juninho dominar com categoria e finalizar sem chance de defesa.

VAVEL Logo