Milton Mendes elogia Fluminense e lamenta expulsão de Douglas: "Árbitro foi exigente"
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Na noite deste sábado (22), o Vasco enfrentou o Fluminense no Maracanã pela semifinal do Campeonato Carioca. O Fluminense, venceu por 3 a 0 com gols de Richarlison, Wellington e Léo. Diante da derrota, o técnico Milton Mendes elogiou a equipe tricolor e tentou minimizar a derrota.

"A equipe do Flu é muito boa, rápida, determinada e bem treinada. Meus jogadores e eu tentamos de tudo. O bom da derrota é que ela não é eterna. Vamos começar a pensar no Brasileiro, armar o time para o Brasileiro. Buscar o nível, ainda está aquém em alguns pontos. Quero parabenizar os jogadores pela entrega e determinação com um homem a menos."

Depois de ser questionado sobre a expulsão de Douglas, o técnico afirmou que achou injusta a decisão: "O árbitro foi muito exigente no critério. Não gosto de falar sobre arbitragem, mas o menino Douglas não merecia ser expulso no meu critério."

Confira outros trechos da coletiva:

- Substituições e mudança de jogo:

"Estávamos arriscando ali, quando tiramos um lateral, arriscamos. Quando tiro o Henrique e o Yago, eu puxo o Guilherme para a lateral e coloco o Manga. Saímos num 4-4-2 com fechada do Manga e num 4-3-3. Depois levamos uma expulsão, o que dificultou um pouco. Mas agora vamos fazer um camping, uma inter-temporada. Vamos usar essas três semanas sem jogos para melhorar índices físicos, nos recuperar dessa derrota doída."

- Falta de tranquilidade no jogo:

"Faltou um pouquinho de calma. Entramos um pouquinho ansiosos. A equipe deles entrou melhor no jogo. O Nenê entrou na cara do gol, mas o goleiro defendeu. No segundo tempo levamos um gol logo no início de bola parada. Depois levamos um pouco, tentei arriscar, mas tivemos um jogador expulso."

- Avaliação geral do elenco apesar da derrota:

"Não foi me dito, nem me prometido nada. Mas eu sempre disse que o plantel que eu tinha era suficiente. E foi. Não é porque perdemos que os jogadores deixam de estar em um nível que acho que poderíamos seguir em frente. Os jogadores são patrimônio do clube, jogadores que gostamos muito", finalizou o técnico.

VAVEL Logo