O sucesso de Daniel Pavan com seus goleiros no Internacional
Daniel Pavan e Danilo Fernandes (Foto: Divulgação/S.C.Internacional)

Daniel Pavan, preparador de goleiros do Sport Club Internacional, está sendo assediado pela torcida colorada pelo ótimo trabalho realizado com os goleiros do Inter.

Daniel Ingressou no Inter há mais de 20 anos e começou seu trabalho sendo professor da escolinha de futebol do clube. Logo em seguida, passou a trabalhar nas categorias de base, lidando diretamente com diversos goleiros conhecidos do clube, como: Renan, atualmente no Goiás; Dida, Campeão do Mundo com a Seleção Brasileira em 2002 e atualmente aposentado; Clemer, campeão mundial com o Inter e atualmente no trabalho com as categorias de base do Colorado; entre vários outros.

Foi para o Juventude no ano de 2010 e depois para Caxias do Sul, até voltar para o Inter em 2011 e ingressar na função de auxiliar de preparador de goleiros. Pavan passou também por comissões técnicas como a de Fernandão, Dunga, Clemer e Abel Braga. Em 2015 passou a ser o principal preparador de goleiros do Internacional onde agora é amado pela torcida.

Alisson, o goleiro da Seleção Brasileira

Alisson Ramses Becker era treinado por Pavan desde as categorias de base do Inter, juntamente com seu irmão, Muriel. O goleiro ficou conhecido pela bela atuação na Copa Libertadores da América, no ano de 2015 com o Colorado e logo em seguida foi convocado à Seleção para as eliminatórias da Copa do Mundo FIFA 2018, quando o Brasil foi a primeira seleção a ser classificada diretamente para a Copa da Rússia.

Atualmente, Alisson joga na Europa, mais precisamente na Itália, onde defende a Roma e é considerado um dos melhores goleiros da fase de eliminatórias da Copa.

Danilo Fernandes, um novo ídolo

Danilo Fernandes Batista, começou a ser treinado por Pavan no início do ano de 2016, quando foi anunciado pelo Inter para substituir Alisson, que na época estava na Seleção. Danilo veio do Sport Clube Recife como um dos melhores goleiros do campeonato brasileiro do ano de 2015 e já chegou sendo muito bem recepcionado pelos torcedores do Inter.

Logo no início de sua caminhada pelo clube gaúcho, o goleiro brilhou na final da Recopa Gaúcha 2017, onde defendeu pênaltis importantes para a garantia do título regional. Mesmo com o rebaixamento do Inter na temporada de 2016 para o Campeonato Brasileiro série B 2017, Danilo foi considerado um dos cinco melhores goleiros do campeonato, sendo assim, mais um mérito de Daniel Pavan.

Marcelo Lomba, o melhor reserva de todos os tempos

Marcelo Lomba do Nascimento, chegou ao Internacinal em Julho de 2016, vindo do Bahia. Começou a ser treinado por Pavan imediatamente após sua chegada ao Beira-Rio. Virou titular do Inter após Danilo sofrer uma lesão durante a Copa do Brasil 2017 e ficou consagrado pela torcida colorada.

Logo na fase classificatória às oitavas de final da competição, contra o Corinthians, Lomba brilhou e foi o herói da classificação do Inter. com o primeiro jogo no Beira-Rio terminado em 1 a 1, em Itaquera coincidiu de dar o mesmo resultado no placar, então a partida foi decidida nas penalidades máximas e o goleiro colorado defendeu dois pênaltis, classificando o Inter às oitavas de final da Copa do Brasil do ano de 2017.

Keiller, "serial keiller"

Vindo das categorias de base do Internacional, onde era treinado pelo ex-goleiro Clemer, Keiller da Silva Nunes começou a ser treinado e cogitado no grupo principal a partir do momento em que a lesão de Danilo Fernandes foi confirmada e Lomba assumir o lugar de titular, então ingressou no grupo de goleiros treinados por Daniel Pavan, e como já se era esperado, brilhou.

Keiller virou titular quando Marcelo Lomba se lesionou nos primeiros cinco minutos de jogo da semifinal em Caxias do Sul e levou o Inter à final do Campeonato Gaúcho 2017, onde mais uma vez a classificação ficou para ser decidida nos pênaltis e o jovem goleiro colorado defendeu dois, fora o pênalti que ocorreu em tempo normal.

Com sua postura séria e sua característica de ser um goleiro frio, o jovem "Keiller Navas", como é chamado pelos colorados, classificou o Inter para a final do Gauchão contra o Novo Hamburgo. A primeira partida da final será no estádio Beira-Rio, domingo (30), às 16h.

VAVEL Logo