Wellington explica drible em juiz e avalia final contra Flamengo: "Clássico sempre é difícil"
Foto: Divulgação/Fluminense FC

No último sábado (22), o Fluminense venceu o Vasco por 3 a 0 pela semifinal e garantiu vaga na decisão do Campeonato Carioca após cinco anos sem disputar o título. O atacante Wellington foi o destaque da vitória, tendo feito um gol de letra, causado a expulsão do meia Douglas e ainda driblou o juiz. Nesta terça-feira (25), o camisa 11 se pronunciou sobre o lance em coletiva no CT, na Barra da Tijuca.

"Foi muito rápido, quando levantei a cabeça só deu tempo de dar o passe. O jogo foi bom, nosso ataque faz bons jogos. Estamos felizes por fazer um grande trabalho", explicou.

Destaque do Fluminense na temporada, Wellington é o terceiro artilheiro do time com cinco gols, atrás apenas de Henrique Dourado (10) e Richarlison (8), além de dividir com Sornoza a primeira posição em assistências (6). Contra o Vasco, o camisa 11 marcou o seu terceiro gol na competição e ainda causou a expulsão do meia Douglas.

"Estou conseguindo fazer bons jogos. A pancada faz parte, então, tenho de estar preparado. Algumas são na maldade, mas aí o juiz pune", afirmou.

O Fluminense enfrenta o Flamengo na final do Campeonato Carioca. As equipes não decidem o estadual desde 1995, quando Renato Gaúcho marcou de barriga o gol do título tricolor. Em 2017, a dupla Fla-Flu decidiu a Taça Guanabara e, após empate no tempo normal, o Flu levou a melhor nos pênaltis e sagrou-se campeão.

"Clássico sempre é difícil. Temos de respeitar. Os grandes times sempre têm grandes jogadores. Acho que é 50% para cada time de chances. Espero que a gente chegue ao Fla-Flu bem, em bom momento. Temos de ter cabeça, manter a humildade, não nos deixar levar pelos elogios", avaliou Wellington.

Antes do primeiro jogo da final do Campeonato Carioca contra o Flamengo, o Fluminense entra em campo pela Copa da Primeira Liga, contra o Brasil de Pelotas, nesta quarta-feira (26), às 19h30 (de Brasília), no estádio de Los Larios, em Xerém.

Confira os trechos da entrevista de Wellington:

Semana de Fla-Flu 

"A gente se reapresentou ontem para uma semana difícil. Tem jogo na quarta, que é importante. A gente precisa do empate ou da vitória para a classificação. Depois, tem o Fla-Flu, uma grande final. Esperamos manter o que estamos fazendo para um bom resultado."

Primeira Liga

"A última partida foi contra o Inter, mas não lembro a data. Perdemos por 1 a 0. Estamos na frente do Brasil (de Pelotas) por cartões, por isso, nos serve o empate. Vai ser um jogo importante, a gente precisa da vaga para passar de fase. Eles vão tentar também."

Cartões

"A gente está bem, tranquilo. Não costumamos ter jogadores com muitos cartões, ou expulsos. A gente sofreu lá contra o Goiás."

Brasil de Pelotas 

"Como jogador, tem de estar preparado. Não pode dizer que não quer jogar. Entendo que o elenco é grande e tem gente merecendo uma chance. Abel vai decidir o melhor. Mas tem gente merecendo oportunidade para mostrar o seu trabalho."

Avaliação das próprias atuações

"Estou conseguindo fazer bons jogos. A pancada faz parte, então, tenho de estar preparado. Algumas são na maldade, mas aí o juiz pune."

Fla-Flu

"Clássico sempre é difícil. Temos de respeitar. Os grandes times sempre têm grandes jogadores. Acho que é 50% para cada time de chances. Espero que a gente chegue ao Fla-Flu bem, em bom momento. Temos de ter cabeça, manter a humildade, não nos deixar levar pelos elogios."

Drible no juiz contra o Vasco

"Foi muito rápido, quando levantei a cabeça só deu tempo de dar o passe. O jogo foi bom, nosso ataque faz bons jogos. Estamos felizes por fazer um grande trabalho."

VAVEL Logo