Guia VAVEL do Brasileirão Série B 2017: ABC Futebol Clube
Arte: Hugo Alves/VAVEL.com

Após o rebaixamento em 2015, o ABC Futebol Clube está de volta ao Brasileirão Série B. O maior campeão estadual do Brasil pretende ter uma campanha segura, fazendo valer o mando de campo e bem distante da parte de baixo da tabela. Para isso, o Mais Querido conta com um técnico experiente, mas que já se tornou vencedor com o clube, e algumas peças fundamentais no elenco.

A equipe chega credenciada como bicampeã do campeonato potiguar, ao vencer o Globo por 1 a 0 na ida e segurar o 0 a 0 na volta, ganhando mais um título dentro de seu estádio. Em contrapartida, o ABC caiu cedo na Copa do Brasil e Copa do Nordeste.

Escalação do ABC

Além dos citados, o técnico Geninho também contará com os meio-campistas Márcio Passos (perderá as primeiras rodadas por lesão), Zotti, Chiclete, o lateral Arez, os atacantes Berguinho, Caio Mancha e Túlio Renan, além dos zagueiros Eltinho, Thiago Sala e Léo Fortunato.

Destaque

Foto: Divulgação/ABC

Geirton Marques Aires, o Gegê, é o grande nome do ABC neste início de temporada. Vindo do Botafogo por empréstimo até dezembro, o meia de 22 anos já marcou oito gols. Após dez anos no time da estrela solitária, o jogador natural de Mombaça ficará sem contrato no fim do ano. Mas ele não demostra preocupação com relação a seu futuro.

No ABC, ele finalmente encontrou a oportunidade de ter mais tempo de jogo, sequencia como titular, e vem sendo um dos pilares da equipe. Dono de um chute forte, o meio-campista apoia bastante e chega como um “quarto homem” no último terço do campo. O bom desempenho do time na Série B deste ano dependerá também do desempenho individual de Gegê.

Fique de Olho

Foto: Divulgação/ABC

O ponta direita Erivélton é cria da base do ABC. Subiu ao profissional em 2011, foi emprestado ao Santa Cruz-RN e ao Central, mas se firmou no alvirrubro em 2015 e de lá para cá vem sendo peça importante no clube. Neste ano, o jogador fez 24 jogos e anotou três gols. Ele foi o autor do gol da classificação para a Série B 2017, quando balançou as redes contra o Botafogo-SP na vitória por 1 a 0 nas quartas da terceira divisão do ano passado.

Técnico

Foto: Divulgação/ABC

O experiente Geninho chegou ao ABC em fevereiro de 2016, com a missão de recolocar o time no lugar mais alto do estado. Após cinco anos de jejum, o alvirrubro sagrou-se campeão naquela temporada ao bater o América-RN por 4 a 0 na final, com mais de 13 mil pessoas do Frasqueirão.

Atualmente, o técnico escala a equipe com três homens no ataque, um volante de marcação e dá liberdade para o segundo volante. Gegê joga flutuando pelo meio. A manutenção do trabalho que completou um ano meses atrás é uma das peças-chave do clube, que já tem um estilo próprio de jogo.

Estádio

Foto: Divulgação/ABC

O Estádio Maria Lamas Farache, popularmente conhecido como Frasqueirão, é o estádio próprio do ABC, inaugurado em 22 de janeiro de 2006 após cinco anos de construção. O local tem capacidade para 18 mil torcedores. Dentro do seu estádio, o clube já conquistou seis títulos estaduais, um Brasileiro Série C (2010) e três acessos para a segunda divisão, incluindo a do ano passado. Durante a Copa do Mundo de 2014, as seleções da Itália, do México e do Uruguai treinaram no estádio.

Campanha no Brasileiro em 2016

Na Série C do ano passado, o ABC teve uma campanha de destaque na fase de grupos. Ficou na segunda colocação com 30 pontos, atrás apenas do Fortaleza, que levou a melhor nos critérios de desempate. Em 18 jogos na fase inicial, foram oito vitórias, seis empates e quatro derrotas. Para completar, o rival América-RN caiu para a Série D.

Na fase eliminatória, o Mais Querido empatou em 0 a 0 fora de casa diante do Botafogo-SP, terceiro do Grupo B, e venceu o adversário por 1 a 0 em casa, garantido vaga na Série B e na semi daquela competição. Na semifinal, o time fez 4 a 0 no primeiro jogo e praticamente garantiu vaga na final, mas o Guarani realizou um feito sensacional e quase inacreditável ao virar o placar agregado para 6 a 4 com uma goleada história no Brinco de Ouro da Princesa. Jones Carioca, que atuou pelo ABC, foi o artilheiro da Série C com 12 gols. O atleta está no futebol da Turquia.

Expectativa para a Série B 2017

A segunda divisão nacional nesta temporada contará com grandes clubes do futebol brasileiro. Como é comum falar aqui no Nordeste, “sempre que um gigante brasileiro cai para a Série B, é uma vaga a menos para os outros times”. O Internacional desponta como favorito ao acesso e ao título. Mas o torcedor abcdista sabe que o primeiro passo é somar pontos e ficar o mais longe possível da zona de rebaixamento.

Como visto nos últimos anos, uma sequencia de duas ou três vitórias tira uma equipe do meio da tabela e a coloca brigando pelo G-4, mas o contrário também pode acontecer. O certo é que o Frasqueirão será a grande fortaleza para o ABC. O desempenho em casa será um dos pilares para a equipe seguir na Série B.

VAVEL Logo