Vantagem no jogo de ida: Rafinha quer que Cruzeiro repita com Chape o que fez com São Paulo
Foto: Washington Alves/Cruzeiro

O meia Rafinha vem sendo um dos principais jogadores do Cruzeiro no esquema tático do técnico Mano Menezes. Titular desde a lesão de Robinho, o jogador tem se destacado em suas últimas atuações pela Raposa. Na última delas, o primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, contra o Atlético-MG, o meia foi elogiado pelos torcedores e pelo treinador celeste.

Com muita raça e comprometimento técnico demonstrados em campo, o jogador já pensa no duelo contra a Chapecoense, na quarta-feira (3). Para a partida válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil, Rafinha projeta um time competitivo e com a mesma pegada apresentada no clássico mineiro. 

Vamos procurar fazer uma boa partida, de preferência sem tomar gols, o que é importante. Na fase passada, fizemos o resultado no primeiro jogo contra o São Paulo e isso facilitou. Temos jogadores experientes, acostumados a jogar competições diferentes, partidas decisivas em sequência. Vamos nos preparar para pegar a Chapecoense e, a partir de quinta-feira, pensamos no Atlético-MG novamente”, disse.

Rafinha voltou a lembrar do amigo Gil, que faleceu no acidente aéreo envolvendo o time catarinense, em novembro de 2016. Para ele, todo jogo contra a Chapeconense será diferente. 

Desde o ano passado, todo jogo com a Chapecoense vai ser especial, afinal perdi um grande amigo, o Gil. Desde domingo à noite fiquei pensando nisso, vendo alguns vídeos. Temos que fazer nosso trabalho, queremos a vitória, mas não podemos esquecer dos que se foram”, frisou.

O jogador também apontou a importância da torcida cruzeirense para o duelo decisivo pela Copa do Brasil. “Esperamos que o torcedor compareça mais uma vez, como foi no domingo. Com eles nos apoiando, vai ficar mais fácil para a gente obter o resultado. O Mano sempre ressalta a necessidade de estarmos atentos para não colocar tudo a perder logo nos primeiros 90 minutos. Então, vamos entrar bem concentrados”, afirmou.

Cruzeiro e Chapecoense se enfrentam pela segunda vez no ano. Na primeira partida, válida pela Copa da Primeira Liga, a Rapoa venceu por 2 a 0, com dois gols do argentino Ábila. Naquela ocasião, a equipe catarinense utilizou o time sub-23 por problemas com o calendário. 

VAVEL Logo