Conversa com Abel e pedidos da torcida: Gustavo Scarpa volta ao Fluminense após 79 dias
(Foto: Divulgação/Fluminense)

Foram mais de dois meses de recuperação. Fluminense e Madureira se enfrentavam pela semifinal da Taça Guanabara quando Gustavo Scarpa deixou o campo lesionado após um carrinho criminoso do volante Douglas Lima. Após exames, foi constatada uma fissura em um osso do pé direito e que o fez parar por exatamente 79 dias. Período de recuperação que se encerrou neste domingo (14), quando substituiu Sornoza na vitória por 3 a 2 contra o Santos, na abertura do Campeonato Brasileiro.

O ambiente do Maracanã pedia por sua entrada. Com a vitória praticamente assegurada, era vez do camisa 10 ganhar seus minutos em campo e satisfazer o desejo dos torcedores que gritavam pelo seu nome. Antes mesmo da bola rolar, Scarpa não escondia a ansiedade - atendida aos 40 minutos do segundo tempo.

"Claro que tem um certo nervosismo pelo tempo parado, mas se eu tiver uma chance, espero dar conta do recado. O comando é do Abel. Conversei com ele e claro que a gente fica mais feliz por voltar. Venho treinando bem, consegui me recuperar aos poucos e espero fazer por merecer as chances", disse após descer do ônibus que acabara de estacionar no Maracanã.

Foram 11 minutos em campo. Com o Santos pressionando, Scarpa teve de participar mais do auxílio defensivo. Na única jogada ofensiva, foi cortado na hora do cruzamento em contra-ataque puxado por Marcos Júnior. Na saída de campo, lamentou a falta de ritmo e uma suposta falha no segundo gol marcado pela equipe paulista.

"Um pouco difícil, dois meses e meio parado. Acabei errando posicionamento no segundo gol deles, o que me deixou mais pressionado. Mas estou feliz, foi um tempo difícil e ainda bem que acabou. Como todos os outros, vou correr pelo meu espaço. Importante sair com a vitória", declarou.

Três passes certos, um errado e uma falta sofrida. Esses foram os números de Gustavo Scarpa. Na coletiva após o jogo, Abel Braga não poupou elogios ao camisa 10, que elogiou seus bons treinos durante a semana. Segundo o treinador, o meia irá recuperar sua posição naturalmente.

"Ele (Scarpa) fez um treino excepcional na quarta. Na quinta, também. Na sexta, fizemos um trabalho forte e ele não alegou nada de errado. Não tinha mais que ficar esperando. A cada jogo ele vai melhorar. Vai chegar o momento dele recuperar sua posição na equipe", disse o treinador.

VAVEL Logo