Carlos César sofre lesão no tornozelo e pode desfalcar Atlético-MG por até quatro meses
Carlos César está a cinco jogos de completar 100 partidas pelo Galo (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

O começo da semana após o empate com o Flamengo na estreia no Campeonato Brasileiro, por 1 a 1, não é muito animador para Atlético-MG e para o técnico Roger Machado, que conta com mais uma baixa em seu elenco. O lateral-direito Carlos César rompeu o ligamento do tendão do tornozelo esquerdo no jogo contra o time carioca e pode desfalcar o Galo por até quatro meses. 

O jogador seguiu até o final da partida com dores, já que Roger havia feito as três substituições e não teria como sacar o lateral. Carlos César jogou no lugar do titular Marcos Rocha, poupado por apresentar um grande desgaste físico em exames, além de estar enfrentando uma grande sequência de jogos decisivos.

Rocha não é dúvida para a partida desta terça-feira (16), contra o Godoy Cruz, pela Libertadores, último jogo da fase de grupos e que vale o primeiro lugar do grupo 6. Para isso, o Galo precisa de uma vitória sobre o time argentino.

A lesão de Carlos César irá impedir o jogador de completar, ainda no começo desse semestre, a marca de 100 jogos pelo Atlético. O lateral já tem 95 partidas pelo clube, com cinco gols marcados, e integra o elenco alvinegro desde 2011. Em 2013, passou  por dois clubes, retornando ao grupo em 2015 para permanecer até hoje. Carlos já soma cinco títulos com a camisa do Atlético: Campeonatos Mineiros de 2012, 2013, 2015 e 2017, e ainda a Copa Libertadores de 2013.

No ano de 2017, o lateral foi titular apenas em cinco ocasiões, sendo a última delas contra o rubro-negro carioca, pelo Brasileirão. Carlos César é natural de Uberaba-MG e tem 30 anos. Iniciou sua carreira no futebol na base do Criciúma - SC e foi revelado pelo clube em 2006. 

VAVEL Logo