Otero faz pintura, Atlético-MG bate Paraná e avança às quartas de final
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Com direito a gol olímpico de Otero, o Atlético-MG derrotou o Paraná, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (31), na Arena Independência, e avançou às quartas de final da Copa do Brasil. Fred marcou o segundo gol do Galo. No jogo de ida, realizado em Curitiba, a equipe alvinegra havia perdido por 3 a 2.

Agora, o Atlético espera o sorteio, a ser realizado na próxima segunda-feira (5), na sede da CBF, no Rio de Janeiro, para saber qual será o adversário na próxima fase da competição.

O Galo voltará a campo no domingo (3), às 16h, para medir forças com o Palmeiras, no Allianz Parque, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Paraná jogará dois dias depois, às 20h30, contra o rival Londrina, no Estádio do Café, em Londrina, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Golaço de Otero deixa Galo em vantagem no primeiro tempo

Jogadores comemoram com Otero o gol que o venezuelano marcou contra o Paraná (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)
Jogadores comemoram com Otero o gol que o venezuelano marcou contra o Paraná (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Sem Adilson, Rafael Carioca e Robinho, o Atlético de Roger Machado buscou imprimir um ritmo forte no início de jogo, mas logo percebeu que não seria fácil desestabilizar o adversário. Já o Paraná chegou à Arena Independência para jogar com o resultado (venceu na ida, por 3 a 2) debaixo do braço.

O Atlético ficava postando em um 4-2-3-1, que variava ao 4-4-2 quando o time não tinha a posse da bola, com Fred e Cazares à frente da linha de quatro meio-campistas. O Paraná, por sua vez, estava distribuído em um 4-1-4-1, tendo Jhony entre as duas linhas, e Felipe Alves isolado no ataque.

A compactação do time visitante dificultava ao máximo as chegadas do Galo, que chegou a ter 71% de posse de contra 29% dos paranaenses. A equipe atleticana tentava triangulações para desorganizar a defesa paranaense e criar espaço, mas, na maioria das tentativas, não obteve êxito. Roger Machado ainda perdeu Marcos Rocha, lesionado, que deu lugar a Danilo. Assim, Yago foi deslocado à lateral direita, e Danilo entrou jogando como volante pela esquerda.

Aos 39 minutos ocorreu a primeira chance do jogo. Danilo vacilou no campo defensivo, e Robson finalizou rasteio, à esquerda do gol, levando muito perigo. Porém, dois minutos depois, o Galo usou a bola parada de Otero, especialidade do meia venezuelano, para marcar. O jogador marcou um gol olímpico, com direito a uma parábola perfeita da bola antes de bater da trave e estufar as redes. Antes do intervalo, Robson quase empatou o confronto: carimbou o travessão de Victor em cobrança de falta.

Atlético controla segundo tempo e carimba classificação

Fred toca por cima do goleiro para marcar o segundo gol do Galo (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)
Fred toca por cima do goleiro para marcar o segundo gol do Galo (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

A partida no segundo tempo ficou aberta, já que o Paraná saiu de sua zona de conforto e passou a propor jogo. Mas quem criar a primeira boa oportunidade de gol da etapa final foi o Atlético. Apagado no embate, Fred recebeu cruzamento de Cazares, e cabeceou para fora.

Entretanto, Fred estava fadado a deixar sua marca contra o Paraná. O Atlético construiu jogada pela corredor direito, Cazares lançou no “ponto-futuro”, Fred tocou por cima do goleiro Leo, e explodiu a massa atleticana. Com o segundo gol do Atlético, o Paraná teria que empatar e segurar até o fim para avançar às quartas de final da competição.

Por isso, Alex Santana arriscou de fora da área para tentar diminuir o prejuízo e dar esperança à torcida tricolor; Victor, no entanto, espalmou o chute do meio-campista. Aos 45 minutos, Pedro entrou na área, chutou rasteiro e exigiu grande defesa de Victor. Depois, Biteco cobrou falta venenosa, mas Victor deu um tapa na bola e a colocou pela linha de fundo. O lance foi o último da partida, e o Atlético conseguiu a classificação às quartas de final da Copa do Brasil.

VAVEL Logo