Jogadores do Cruzeiro veem injustiça após derrota para Corinthians: 'Jogamos muito bem'
Sóbis entrou no segundo tempo; lesionado, jogador não atuava desde a final do Campeonato Mineiro (Foto: Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro)

A noite dessa segunda-feira (15) não era para ser do Cruzeiro. Em São Paulo, equipe mineira brigou até o último minuto em busca do empate, mas não conseguiu impedir o revés por 1 a 0 diante do Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro. Para os jogadores foi um resultado injusto pela partida que todo o time cruzeirense fez.

Entre a opinião dos jogadores, a palavra "equilíbrio" foi constante nas entrevistas. Devido a isso, Ariel Cabral, uma das peças essenciais no meio-campo do Cruzeiro, lamentou a derrota. "A gente tem que trabalhar isso [equilíbrio]. Estamos tomando gol e arriscando mais no segundo tempo, quando já está 1 a 0. Tem que melhorar muito. A gente joga bem, mas está faltando fazer o gol", disse.

Sem atuar desde a final do Campeonato Mineiro devido a lesão, o atacante Rafael Sóbis entrou no segundo tempo e deu mais mobilidade ao setor ofensivo. Segundo o goleador, o Corinthians precisa comemorar muito os três pontos: "Acho que eles têm que valorizar muito a vitória, porque nós jogamos muito bem", falou. Ele também citou a postura que a equipe precisa ter nas próximas partidas. "Precisamos levar o que fizemos no segundo tempo, quando atuamos bem", acrescentou.

Com esse pensamento, a raposa enfrentará mais uma pedreira no fim de semana: Grêmio. Para o goleiro Fábio, é necessário atuar bem o jogo todo e aproveitar as chances. "A gente teve várias oportunidades, para nao só o empate, mas também a vitória. Infelizmente, não conseguimos fazer os gols. Saímos com a derrota, mas a gente jogou bem, principalmente, no segundo tempo", disse.

O Cruzeiro enfrentará o Grêmio pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, na próxima segunda-feira (19), às 20h, no Mineirão.

VAVEL Logo