0-1, Álvaro, min. 22. 1-1, Michel, min. 46.
CSA empata com Confiança e vê liderança do grupo A ameaçada
Foto: Alisson Frazão|Oitcho|Ascom CSA

CSA empata com Confiança e vê liderança do grupo A ameaçada

Em sexta igualdade seguida na chave, Azulão pode cair ao terceiro lugar, a depender dos resultados da rodada; Dragão acumula quarto jogo sem vitória

tainanmelo
Taynã Melo

Debaixo de forte chuva, o CSA tinha a oportunidade de permanecer na liderança do grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C por mais uma rodada. Porém, encontrou um adversário que montou um forte sistema defensivo e que impossibilitou o triunfo azulino dentro de casa. Diante do Confiança, o duelo realizado no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, na noite dessa sexta-feira (16) terminou empatado em 1 a 1. O confronto foi válido pela sexta rodada da competição nacional.

Com o resultado, o Azulão do Mutange segue temporariamente no topo da chave, com 11 pontos ganhos, mas pode perder o primeiro posto para Fortaleza ou Botafogo-PB. Por outro lado, os proletários ocupam a sexta posição, com oito pontos somados.

A próxima rodada será realizada no fim da próxima semana. O Confiança encara o Botafogo-PB às 16 horas do sábado (24), na Arena Batistão, em Aracaju/SE. O CSA mede forças contra o Fortaleza em jogo fundamental pela liderança do grupo, às 21 horas da segunda-feira (26), contra o Fortaleza, em mais um duelo no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL.

Foto: Alisson Frazão|Oitcho|Ascom CSA
Foto: Alisson Frazão|Oitcho|Ascom CSA

Confiança sai na frente e CSA busca empate

Como esperado de um time que joga em casa, o CSA começou melhor nos primeiros minutos, trocava passes e chegava com perigo no campo ofensivo, mas falhava na hora da finalização. Mas quem realmente assustou primeiro foi o Confiança, quando Rômulo recebeu sozinho dentro da área e emendou chute de primeira. A bola passou com muito perigo.

Depois desses lances, o jogo ficou mais travado, preso no meio de campo, e as jogadas trabalhadas não surtiam efeito necessário. Até que uma jogada oficial resultou na abertura do placar. Aos 22 minutos, Álvaro fez boa jogada individual, passou por dois marcadores e encheu o pé. A pelota bateu na perna de Mota e entrou. Placar aberto pelo Confiança.

Com o placar aberto, os proletários recuaram, se contentaram com a vantagem e queriam levar os três pontos a todo o custo. Por outro lado, o Azulão não queria perder a invencibilidade diante de seu torcedor. Em vista disso, os mandantes pressionaram. Primeiro, Dick arriscou de longe para a boa defesa do goleiro Sílvio. Em seguida, o próprio lateral-direito cruzou, Marcos Antônio desviou de cabeça e Michel mergulhou sozinho dentro da área para igualar o jogo e deixar sua marca. Empate do CSA aos 46 minutos.

Foto: Alisson Frazão|Oitcho|Ascom CSA
Foto: Alisson Frazão|Oitcho|Ascom CSA

CSA pressiona, mas empate persiste

O CSA precisava da vitória e queria a virada. Animados pelo gol de empate no último lance da etapa inicial, os azulinos trocaram passes no campo de ataque em busca do momento preciso para finalizar e ficar à frente no marcador.

Após as primeiras modificações, duas chances seguidas para os donos da casa, que quase balançaram as redes pela segunda vez. Na primeira, Dawhan tentou chutar de primeira e assustou. Na segunda, depois de boa jogada e cruzamento pela esquerda feito por Raul Diogo, Boquita ficou com a sobra e emendou de fora da área para fora.

A partida ficou equilibrada, com muita disputa entre os atletas. Fechado no campo de defesa, os proletários não saíram ao ataque muitas vezes, se preocuparam em fortalecer a marcação e dificultou a chegada dos marujos. Nos últimos minutos, cada equipe teve uma chance. Primeiro com o CSA, quando Francisco Alex cobrou falta com muita categoria e o goleiro Sílvio salvou com excelente intervenção. Depois veio a resposta do Confiança, quando Rômulo chutou forte e Mota defendeu em dois tempos.

VAVEL Logo
CHAT