Vasco vence Avaí em São Januário e sobe na tabela do Brasileiro
Cariocas conquistaram todos seus pontos jogando em SJ (Foto: Divulgação/Vasco da Gama)

Jogando diante do seu torcedor, o Vasco bateu o Avaí por 1 a 0 e manteve o bom aproveitamento em casa na oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Yago Pikachu marcou poucos minutos após os 27 minutos de paralisação no primeiro tempo por conta de um apagão.

O Vasco chegou aos 12 pontos - quatro vitórias em cinco jogos em São Januário -, e assumiu provisoriamente a 6ª posição. O Avaí perdeu a segunda seguida jogando fora de casa e, com cinco pontos, é o último colocado. O Leão perdeu todos os cinco jogos disputados longe da Ressacada.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (21). O Vasco joga clássico no Nilton Santos contra o Botafogo, às 21h, enquanto o Avaí volta a jogar na Ressacada, diante do Fluminense, às 21h45.

Pikachu abre o placar

O início de jogo foi equilibrado em São Januário. Sem se fechar, os times alternaram ataques relativamente perigosos, apesar de não assustarem os goleiros. Aos 12, uma queda de energia paralisou o jogo, que só recomeçou 27 minutos depois.

Após a paralisação, o Vasco tomou o domínio do jogo, e, com mais posse de bola, passou a criar chances. Aos 20, em grande jogada pela esquerda, Nenê arrancou para cima da marcação, deixou Judson para trás e invadiu a área. O camisa 10 cruzou para trás e Yago Pikachu apareceu livre na pequena área para fazer 1 a 0. 

A saída de Jean, machucado, aos 21, para a entrada de Wellington, prejudicou a marcação vascaína e aumentou os espaço para o Avaí jogar. Apesar disso, o time catarinense viveu um momento de instabilidade após sofrer o gol, coisa que o Vasco não conseguiu aproveitar. No primeiro tempo, foram 10 finalizações dos mandantes, contra sete do Leão. Na posse de bola, pequena vantagem dos cariocas: 53% contra 47%.

Aos 23, Douglas recebeu de Mateus Vital e arriscou chute forte da entrada da área, mas Kozlinski fez se esticou e espalmou. O Avaí, apesar de uma boa movimentação, tinha problemas para finalizar perigosamente. Aos 37, Leandro Silva acelerou pela direita e tocou para Rômulo, que finalizou com espaço na entrada da área, mas Martín não teve problemas para defender. Dois minutos depois, Nenê ficou com o rebote do cruzamento no lado esquerdo, levantou para a área e Luís Fabiano desviou de cabeça, à esquerda do gol.

A reta final de jogo foi aberta em São Januário, com os times alternando chegadas perigosas. Aos 40, Juan recebeu de Capa na entrada da área após bote errado da defesa, e finalizou forte, mas Martín espalmou. Poucos minutos depois, Rômulo também arriscou finalização de fora da área e a bola desviou em Gilberto, mas o goleiro segurou. Já aos 45, Gilberto avançou pela intermediária, ganhou no corpo da defesa do Avaí e arriscou de fora da área, mas Kozlinski espalmou. No rebote, Luís Fabiano bateu forte, por cima do gol.

Avaí domina, mas cria pouco e perde mais uma

O segundo tempo foi de mais presença do Avaí no campo de ataque, mas de poucas chances de gol. Apostando no contra-ataque, o Vasco teve algumas oportunidades de matar o jogo, mas falhou nos passes decisivos ou finalização.

A primeira chance mais perigosa da segunda etapa foi aos 25. Após saída errada do Avaí, Henrique arrancou pelo meio e arriscou chute forte da entrada da área, parando em Kozlinski. Claudinei Oliveira modificou o Avaí tentando ter mais alternativas, mas, mesmo com opções ofensivas, o time não assustou Martín Silva em muitas oportunidades.

Apesar da muita presença no campo de ataque, o Avaí não teve grandes chances. Aos 40, Airton cruzou para a área da intermediária, Juan, livre, desviou de cabeça, mas mandou para fora. Nos acréscimos, Luís Fabiano fez boa jogada pela esquerda e encontrou Andrezinho na área, mas Gustavo travou bem e Kozlinski saiu para segurar.

Pressionando nos minutos finais, o Avaí chegou perto aos 46. Leandro Silva recebeu de Willians, ganhou de Paulão na velocidade e bateu forte, mas Martín Silva salvou com o pé. Apesar disso, o Vasco conseguiu segurar o ímpeto visitante e garantiu mais uma vitória dentro de casa.

VAVEL Logo