Rio Preto empata com Kindermann e garante vaga na semifinal do Brasileiro Feminino
Foto: Ferdinando Ramos/All Sports

Na tarde desta quarta-feira (21), Rio Preto e Kindermann protagonizaram um bom jogo pela Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino. Aquipe do interior de São Paulo acabou garantindo a vaga nas semifinais ao empatar em 1 a 1, após vencer o jogo de ida por 1 a 0. Catyellen, pelas catarinenses, e Lelê, pelas paulistas, foram as autoras dos gols do duelo.

O Kindermann deixa a competição de cabeça erguida e mostrando que continua sendo uma equipe forte no cenário do futebol feminino brasileiro. O Rio Preto agora espera seu adversário, que vai sair do confronto entre Corinthians e Ferroviária. 

Pressão e gols logo no início 

O jogo iniciou truncado, com ambos os times tentando ter mais posse de bola, mas sem muita técnica. O Kindermann deixou claro que ia atacar e logo nos minutos iniciais abriu o placar com Catyellen, que recebeu um lançamento dentro da área, dominou e bateu forte, colocando a bola na rede. Com o gol logo no começo, a equipe catarinense se armou bem defensivamente e esperava um erro do Rio Preto para sair no contra-ataque.

Não deu tempo de manter essa postura, já que aos 12 minutos Lelê marcou na pequena área após aproveitar chute de Maiara que pegou na trave. Foi o empate do Rio Preto, placar que dava mais tranquilidade para a equipe paulista mostrar seu futebol. Apesar da vontade de ambas as equipes, o jogo acabou perdendo as jogadas ofensivas.

O meio campo ficou truncado, e os lances mais perigosos ficaram escassos na partida. Com o calor forte, poucos lances de perigo e muita luta, o primeiro tempo se encerrou com igualdade no placar. 

Rio Preto domina e garante classificação

Com o placar a seu favor, a equipe paulista voltou mais ligada nos minutos iniciais para não dar chance ao Kindermann. E foi assim durante toda a segunda etapa, um Rio Preto tranquilo, tomando conta de todas as ações e encurralando o Kindermann no campo de defesa. Mesmo dominando o jogo, o Rio Preto não conseguia marcar porque encontrou do outro lado um paredão. Barbara fechou as traves e não permitiu que as rivais marcassem novamente.

Mesmo com a expulsão da zagueira Siméia, o Rio Preto não perdeu o controle da partida. Aos 41 da segunda etapa veio a chance mais clara da segunda etapa. Tuani derrubou Maiara na área, e foi marcado pênalti para o Rio Preto. A bola foi para os pés da artilheira Darlene, que cobrou e parou em Barbara.

Mesmo precisando de apenas um gol, o Kindermann não conseguiu armar boas jogadas e não aproveitou sua superioridade numérica. Aos 46 do segundo tempo, Julia Bianchi recebeu o segundo amarelo, foi expulsa e deixou o Kindermann também com dez atletas. Desse instante até o apito final, o Rio Preto tocou a bola e definiu a partida. Classificação para a semifinal garantida. 

 

VAVEL Logo