Após vitória, Dudu enaltece retranca do Atlético-GO: "É difícil jogar contra time assim"

O Palmeiras derrotou o Atlético-GO no Aliianz Parque por 1 a 0 e segue sua campanha de recuperação no Campeonato Brasileiro.

Mesmo com o triunfo, devido a alta expectativa no elenco, se esperava uma partida mais tranquila, talvez com um placar mais elástico, o que não aconteceu.

Contestado pelo nos últimos jogos, o centroavante Borja retornou ao time titular no lugar de William, suspenso, e foi justo o colombiano quem conseguiu furar a defesa goianiense e garantir os 3 pontos do Verdão.

Com o placar magro, Fernando Prass tentou explicar a falta de eficiência do setor ofensivo: "O Atlético começou mal o campeonato, mas está em uma fase de recuperação, se organizando. Quem enfrentar daqui para frente vai ter cada vez mais dificuldades. A gente sabia que seria um jogo complicado até pela postura deles, de voltar todas as linhas e marcar muito atrás. Tivemos a chance de fazer 2 a 0 e matar o jogo, mas não fizemos e foi complicado até o fim".

"A gente vem crescendo em termos de resultado e de atuação. Óbvio que não é todo jogo que vamos jogar bem, mas estamos em uma crescente, conseguindo assimilar um pouco mais o que o Cuca está pedindo. Tempo de treinamento não tem, porque são dois jogos por semana, com viagens, algumas longas", disse o goleiro que ainda criticou o calendário apertado do campeonato.

Edu Dracena foi outro palmeirense que elogiou o adversário: "Não jogamos contra ninguém, jogamos contra uma boa equipe. Importante que conseguimos vencer".

O atacante Dudu também destacou a dificuldade de jogar contra o Dragão  "É difícil jogar contra time assim, eles vêm só para marcar, vem para o contra-ataque. A gente fez um bom jogo. Infelizmente não conseguimos ampliar".

"Às vezes é melhor jogar contra o Cruzeiro do que contra o Atlético-GO, porque os caras vêm para jogar de igual para igual", completou o capitão ao ser perguntado também sobre o confronto contra os mineiros, próximo jogo do time na Copa do Brasil.

Dudu não atuava desde do dia 31 de maio e avaliou sua volta aos gramados: "Tranquilo, vamos pegando o ritmo de novo nos treinos e jogos. Querendo ou não fiquei 20 dias parados, atrapalha um pouco. Acho que a equipe fez um bom jogo e está de parabéns".

O camisa 7 finalizou dizendo o quanto os jogadores acreditam no herói da noite, Borja: "A gente fica feliz pelo Borja, sabemos do potencial. Espero que contribua ainda mais com o time para merecer ser titular".

Agora o atual campeão brasileiro chega a 6ª colocação, podendo ser ultrapassado pelas equipes que ainda jogam na rodada. Próximo jogo da equipe é contra a Ponte Preta, domingo (25) ás 16h em Campinas.

VAVEL Logo