Corinthians vence Bahia com facilidade e aumenta vantagem na liderança
Jô fez o primeiro gol e manteve a boa fase (Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians)

Nesta quinta-feira (22), o Corinthians recebeu o Bahia, na Arena Itaquera, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro e venceu com sobras. O Timão fez 3 a 0 com gols de Jô, Balbuena e Marquinhos Gabriel.

Com o resultado, a equipe comandada por Fábio Carille chegou a 9ª rodada sem perder e continua líder da Série A com 23 pontos conquistados. Já o Bahia continua com 10 pontos na 15ª posição, próximo da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Corinthians vai até Porto Alegre enfrentar o Grêmio, às 16h. Já o Bahia vai receber o Flamengo, na Arena Fonte Nova, também no domingo, mas às 18h30.

Jô marca e põe o Corinthians na frente

Jogando em casa, o Corinthians buscou mais o jogo desde o primeiro minuto, e viu um Bahia buscando o jogo e apostando no seu ataque com velocidade.

Mas a primeira chance clara foi do tricolor baiano, aos 6 minutos, quando Allione cruzou e no “bate-rebate”, Zé Rafael bateu forte e obrigou Cássio a fazer boa defesa.

Na sequência, foi a vez de Jô servir Rodriguinho, o meia até que tentou bater para o gol, mas foi travado na hora do chute. E o Corinthians gostou do jogo e foi se lançando ao ataque, teve a chance de abrir o placar aos 23 minutos, depois de passe de Romero, que o atacante mandou longe do gol. Um minuto depois, Fagner acertou ótimo lançamento, o camisa 7 driblou Jean e fez 1 a 0 para o Timão.

Expulsões para os dois lados e Timão garante a vitória

Precisando do empate, o Bahia começou o segundo tempo com maior posse de bola e tentando assustar o time da casa, mas sofria para furar o bloqueio da zaga corintiana, que sofreu apenas cinco gols nesse Brasileirão.

E apostando nos contra-ataques, o Timão levava muito perigo, mas pecava no último passe e nas finalizações.

O cenário poderia ter mudado aos 10 minutos, quando Gabriel desarmou Vinícius, o juiz da partida viu falta e puniu o camisa 5 com o segundo cartão amarelo, deixando o time da casa com um homem a menos.

5 minutos depois, foi a vez do Bahia reclamar. Renê Júnior disputou bola no alto com Fagner, os jogadores bateram cabeça e o volante do tricolor baiano também recebeu o segundo amarelo, deixando as duas equipes com 10 jogadores.

Depois das expulsões, o nível da partida caiu, e o Corinthians mostrou mais uma de suas principais armas nesse ano, a bola parada.

Aos 33 minutos, depois de cobrança de escanteio, Romero desviou e Balbuena apareceu para fazer 2 a 0 para o líder do campeonato.

Antes do apito final, Kazim e Romero perderam ótimas chances de ampliar. Aos 47 minutos,  Marquinhos Gabriel, que vem em ótimo momento, conseguiu marcar o seu e fechar o placar em 3 a 0 .

VAVEL Logo