Lucca marca, Ponte Preta bate Cruzeiro e se aproxima do G-6
(Foto: Marcello Zambrana / Cruzeiro)

Com uma escalação surpreendente, o Cruzeiro foi derrotado pela Ponte Preta por 1 a 0, com gol de Lucca. O time celeste foi á campo com 9 reservas, abrindo mão de dar sequência ao bom futebol apresentado pelos titulares nas duas últimas partidas, Corinthians e Grêmio. No Moisés Lucarelli o time de Mano Menezes, suspenso, viu Lucca fazer o único gol da partida, de pênalti, ainda na primeira etapa.

O técnico Mano Menezes, que levou cartão vermelho no último jogo contra o Grêmio no Mineirão, assistiu o jogo do camarote e já na escalação surpreendeu a todos: poupou oito jogadores titulares - Ezequiel, Diogo Barbosa, Lucas Romero, Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves, Alisson e Rafael Sobis. Fábio e Caicedo foram os únicos que não foram poupados e foram para o jogo. Com os reservas em campo, o Cruzeiro não apresentou um bom futebol, criou poucas oportunidades e acumulou o terceiro jogo sem vencer no campeonato.

Na próxima rodada, a Ponte encara o Palmeiras novamente no Moisés Lucarelli, domingo, (25), 16h. No mesmo dia e horário, o Cruzeiro retorna a Belo Horizonte e receberá o Coritiba, no Mineirão.

Em jogo truncado Ponte saí na frente com gol de pênalti

O início da partida foi bastante sonolento, os dois times estavam presos na tática e não chegavam ao gol com perigo real. A primeira chance veio ao 20 minutos com Elber, que fez uma jogada de velocidade cruzando para a área, que foi intervida pelo goleiro Aranha

A Ponte por outro lado, chegou á sua primeira oportunidade clara aos 36 min, após Lucca ser derrubado na área por Lennon e o árbitro marcar pênalti para o time da casa. Lucca cobrou forte e abriu o placar, 1 a 0. 

Ao final do primeiro tempo, o time celeste não havia chutado á gol, e teve 46%, apenas, da posse de bola. 

Cruzeiro volta pressionando, mas não consegue a vitória

O segundo tempo foi marcado pelas mudanças feitas na raposa antes do 20 minutos de jogo. A primeira delas foi a entrada de Lucas Romero no lugar de Lennon. 

Atrás no placar e em busca da vitória, o Cruzeiro se viu obrigado a partir pra cima. E aos 8 minutos, Elber fez o goleiro Aranha trabalhar ao dar um belo chute de fora da área. No lance seguinte, Rafinha lançou para Ábila que ajeitou para Rafael Marques mas o atacante se atrapalhou e o zagueiro fez a intervenção.

Aos 15 minutos, Sassá fez sua estreia entrando no lugar de Rafael Marques. E pouco tempo depois, o técnico Sidnei Lobo trocou Ábila por Sóbis.Aos 23 minutos, Elber novamente tentou uma finalização de longa distância mas a bola saiu pela linha de fundo. 

O último lance de perigo ocorreu aos 36 minutos, na cobrança de falta de Bryan, Caicedo desviou e Aranha defendeu. Porém, o placar terminou 1 a 0 para a Ponte. 

VAVEL Logo